Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/1838
Title: A feira livre de Caicó/RN: um cenário de tradição e resistência às novas estruturas comerciais modernas
Authors: Andrade, Alexsandra
Keywords: Feira livre de Caicó;Relações socioeconômicas;Modernizção
Issue Date: 24-Nov-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Portuguese Abstract: O presente trabalho se remete à feira livre do município de Caicó, tendo por objetivo investigar a dinâmica e as transformações socioespaciais pelas quais a mesma vem passando, e sua resistência às estruturas comerciais modernas, ou seja, os supermercados. A partir do seu surgimento, a feira livre é o espaço das relações econômicas, sociais e culturais. Esta atividade comercial teve importante contribuição para a ocupação do território brasileiro, principalmente na região Nordeste, onde foi responsável pelos primeiros núcleos populacionais da região. A princípio as relações econômicas estavam voltadas para a comercialização do gado, com as famosas feiras de gado. Com o passar dos anos, as feiras foram se moldando, evoluindo para assumir essa configuração atual. Partindo para o recorte empírico desta pesquisa, a feira livre do município de Caicó, esta é caracterizada como espaço de múltiplas relações, que, nos últimos tempos, vêm resistindo e persistindo no espaço em meio à modernização atual das formas de comércio (os supermercados) local. Neste contexto, a feira livre se insere no circuito inferior da economia urbana, por ser uma atividade tradicional, com componentes rústicos e métodos tradicionais de venda e o intenso uso da mão-de-obra. Apesar dessas considerações, a feira ainda tem uma importância econômica para a população caicoense como também para os municípios vizinhos, tornando-se espaço de comercialização e socialização. Diante das análises feitas, buscamos compreender as relações existentes nesse espaço, como também a falta de investimentos por parte da Prefeitura.
Abstract: The present study refers to the street market in Caicó city by having goal was to investigate the dynamics and the socio-spatial transformations that it has been suffering and its resistance to modern business structures known as supermarkets. From its inception, the street market is the space of economic, social and cultural relations. This commercial activity had important contribution to the occupation of the Brazilian territory, especially in the Northeastern where it was responsible for the first settlements in the region. At beginning the economic relations were focused to cattle trade with the famous cattle markets. Over the years the fairs were molding and evolving to take this current configuration. Going to the empirical focus of this study, the street market in Caico city is characterized as a space for multiple relationships which in recent times have resisting and persisting in a space among the current modernization of the local forms of trade (the supermarkets). In this context, the free market is inserted in the lower circuit of the economy urban being a traditional activity with rustic components and traditional methods of sale and intensive hand labor use. Despite these considerations the free market still has an economical importance for the caicoense population as well as to the neighboring counties becoming a marketing space and socialization space. Based on the analyses made we tried to understand the relationships that exist in that space as well as the lack of investment by the City Hall.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/1838
Other Identifiers: 2012903705
Appears in Collections:CERES - Geografia (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
A feira livre_Monografia_Andrade.pdf3,72 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.