Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/1834
Title: Produção artesanal de sal marinho no litoral setentrional do Rio Grande do Norte
Authors: Silva, Abigail Rute da
Keywords: Salinas artesanais.;Sustentabilidade.;Matriz SWOT.
Issue Date: 11-Dec-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, A.R. Produção artesanal de sal marinho no litoral setentrional do Rio Grande do Norte. 2015, 78 f. Monografia (graduação em geografia bacharelado) - Departamento de geografia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2015.
Portuguese Abstract: A utilização das salinas pelo homem é uma atividade que já existe a milênios, onde os primeiros registros sobre a extração do sal a partir da água do mar vieram da China, cerca de 2.500 a.C. Os procedimentos usados para tal prática era o de armazenar a água do mar em ‘diques de argila e esperar a precipitação do sal, tendo a predominância de NaCl e alta quantidade de sais de magnésio e cálcio (BAAS-BACKING, 1931). No que se refere à produção de sal no Brasil, em um contexto histórico, os primeiros colonizadores não tinham conhecimento da produção do mineral na colônia, então, para uso próprio e atividades como salga da carne, peixe e curtimento do couro, os portugueses instalaram pequenas salinas em foz de rios que desembocavam no Atlântico, tornando mais conhecidas as de Cunhaú no Rio Grande do Norte, Itamaracá no Pernambuco e Serigi em Sergipe (ANDRADE, 1995). Esta pesquisa foi desenvolvida nas salinas artesanais localizadas (em destaque no mapa) no litoral setentrional do Rio Grande do Norte (ARAÚJO, 2013). O objetivo dessa pesquisa consistiu na análise do perfil de sustentabilidade da produção artesanal de sal no Rio Grande do Norte, caracterizando os principais fatores para a permanência da atividade. Os procedimentos metodológicos utilizados foram realizados nas seguintes etapas: 1) levantamento bibliográfico e cartográfico da área; 2) análise da dinâmica funcional das salinas e caracterização das etapas de produção de sal artesanal in loco; 3) Uso da MATRIZ SWOT na análise integrada do sistema artesanal. De acordo com os dados obtidos em levantamentos, foram identificados dois polos de maior significância quanto a produção de sal de forma artesanal, as salinas do Córrego e Boi morto. A atividade se utiliza de técnicas tradicionais e elaboradas pelos próprios salineiros, podendo ser notado desde a estrutura das salinas até a dinâmica de funcionamento em todo o circuito de produção. Apesar da impossibilidade de competição com as grandes indústrias salineiras, as salinas artesanais representam patrimônio sócio ambiental que remonta os primórdios da atividade.
Abstract: The use of salt evaporation ponds by man is an activity that already exists by millennia, where the first records of extracting salt from seawater came from China, about 2.500 BC. The procedures used to such practice was to store seawater on clay dikes and wait for the salt’s precipitation, with NaCl’s predominance and high amount of magnesium and calcium salts. (BAAS-BACKING, 1931). With regard to the salt production in Brazil, in a historical contexto, the first settlers were unaware of mineral production in the colony, so, for their own use and activities such as leather tanning and to salting meat and fish, the Portugueses settled little salt evaporation ponds in the mouth of rivers that flowed into the Atlantic Ocean, making Cunhaú in Rio Grande do Norte, Itamaracá in Pernambuco and Serigi in Sergipe (ANDRADE, 1995). This research was developed in the localized artisanal salt evaporation ponds (highlighted on the map) on the northern coast of Rio Grande do Norte (ARAUJO, 2013). The purpose of this research is the profile analysis of sustainability of artisanal salt production in Rio Grande do Norte, featuring the main factors for the permanence of this activity. The methodological procedures were performed in the following steps: 1) bibliographic and cartographic survey of the area; 2) Analysis of the functional dynamics of salt evaporation ponds and characterization of artisanal salt production steps in loco; 3) Using the SWOT matrix in the integrated analysis of the artisanal system. According to data from surveys, we identified two most significant as to handmade salt production, the Corrego’s salt evaporation pond and Boi Morto’s salt evaporation pond. The activity uses traditional techniques developed by salt evaporation ponds workers, may be noted from the structure of the salt evaporation pond until the dynamic operation of the entire production circuit.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/1834
Other Identifiers: 2012903661
Appears in Collections:CERES - Geografia (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Produção artesanal_Monografia_Silva.pdf5,18 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons