Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/1714
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAraújo, Sandra Kelly de-
dc.contributor.authorSilva, Neusiene Medeiros da-
dc.date.accessioned2015-12-23T14:01:02Z-
dc.date.available2015-12-23T14:01:02Z-
dc.date.issued2015-06-18-
dc.identifier2011069169pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/1714-
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectSociedade em redepr_BR
dc.subjectCiberespaçopr_BR
dc.subjectCiberculturapr_BR
dc.subjectTICspr_BR
dc.subjectComunidade ruralpr_BR
dc.titleTecnologias de informação e comunicação na comunidade rural do brabo no Seridó potiguar: o computador, a internet e os dispositivos móveispr_BR
dc.title.alternativeINFORMATION AND COMMUNICATION TECHNOLOGIES IN SERIDÓ POTIGUAR RURAL BRABO COMMUNITY: the computer, the internet and mobile devices.pr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.contributor.referees1Araújo, Sandra Kelly de-
dc.contributor.referees2Silva, Jeane Medeiros-
dc.description.resumoAs Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) como o computador, a internet e o telefone celular têm se difundido por todo o mundo de forma rápida e desigual nos espaços chegando até as comunidades rurais. Com a interconexão entre as pessoas, por meio dos computadores/internet, surge a sociedade em rede responsável pelo desenvolvimento do ciberespaço e da cibercultura. Desse modo, a pesquisa buscou analisar até que ponto a comunidade rural do Brabo, localizada em terras pertencentes aos municípios de Caicó, Jardim do Seridó e São José do Seridó, no Seridó potiguar, está integrada a sociedade em rede. Foram realizadas entrevistas com formulários estruturados contendo questões fechadas, no período de julho a agosto de 2014. Na elaboração do formulário utilizou-se dos indicadores da pesquisa TIC Domicílios do Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br). A unidade de análise foram os domicílios e a população, sendo 31 domicílios aptos ao estudo com uma população de 94 pessoas disponíveis no momento da entrevista. Entre os resultados, identificou-se que 35% dos domicílios possuíam microcomputador e 29% internet banda larga via rádio. Em relação ao total da população 51% e 53%, respectivamente, são considerados usuários de computador e internet na comunidade. Os jovens até 24 anos são todos usuários de internet, mas o público acima desta faixa vem crescendo no acesso. Parte da população sem acesso as TICs até buscam se inserir, contudo há barreiras que impede a sua inserção na sociedade em rede como o custo elevado do computador, a falta de habilidade, assim como a falta de interesse. Salienta-se que as relações de vizinhança tem sido importantes na difusão dessas tecnologias, assim como, o público estudantil, principal usuário nesse espaço.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentGeografiapr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
dc.contributor.referees3Santos, Isabel Cristina dos-
Appears in Collections:CERES - Geografia (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TecnologiasDeInformaçãoEComunicação_Silva_2015Tecnologias de informação e comunicação11,19 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.