Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/1661
Title: Influência da distância do domicílio na frequência dos participantes do Projeto Caminhada na Água
Other Titles: Influence of home of distance in frequency of participants project walk on water
Authors: Costa, Alexsander de souza
Keywords: Aderência;Exercícios Físicos;Influência da distância de domicílio
Issue Date: 2-Dec-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: COSTA, Alexsander de Souza. Influência da distância do domicílio na frequência dos participantes do Projeto Caminhada na Água. 2015. 17 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física Bacharelado) - Departamento de Educação Física, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: Estudo transversal, com análise descritiva, teve como objetivo verificar a influência da distância do domicílio na aderência dos participantes do Programa Caminha na água. A população foi composta por 86 participantes, do turno vespertino. A amostra foi não probabilística, tipo intencional com 66 participantes que atendiam o critério de inclusão. Foi utilizado o controle de frequência para determinar o percentual de frequência e as distâncias do domicílio foram determinadas pelo Google Maps. 74,24% da amostra moravam até 6,9 Km; 19,70% de 6,9 Km até 12,2 Km e 6,06% de 12,2 Km até 17,5 Km, quanto a frequência dos participantes, 19,70% tiveram uma aderência até 25,29%; 34,85% tiveram uma aderência entre 25,29% a 50,57% e 45,45% tiveram uma aderência entre 50,57% a 75,86%. Foi utilizada a correlação de Spearman, havendo uma correlação fraca (-0,1354, p>0,05) entre a distância de domicilio e o percentual de frequência. Verificando-se que a distância do domicílio não influenciou na frequência dos participantes do Projeto Caminhada na água.
Abstract: Estudo transversal, com análise descritiva, teve como objetivo verificar a influência da distância do domicílio na aderência dos participantes do Programa Caminha na água. A população foi composta por 86 participantes, do turno vespertino. A amostra foi não probabilística, tipo intencional com 66 participantes que atendiam o critério de inclusão. Foi utilizado o controle de frequência para determinar o percentual de frequência e as distâncias do domicílio foram determinadas pelo Google Maps. 74,24% da amostra moravam até 6,9 Km; 19,70% de 6,9 Km até 12,2 Km e 6,06% de 12,2 Km até 17,5 Km, quanto a frequência dos participantes, 19,70% tiveram uma aderência até 25,29%; 34,85% tiveram uma aderência entre 25,29% a 50,57% e 45,45% tiveram uma aderência entre 50,57% a 75,86%. Foi utilizada a correlação de Spearman, havendo uma correlação fraca (-0,1354, p>0,05) entre a distância de domicilio e o percentual de frequência. Verificando-se que a distância do domicílio não influenciou na frequência dos participantes do Projeto Caminhada na água.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/1661
Other Identifiers: 2011025496
Appears in Collections:Educação Física (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Influênciadistânciadomicílio_2015_Trabalho de Conclusão de CursoTexto Completo463.39 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons