Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/1659
Title: Relação da força de preensão manual e teste de força máxima no leg press para a predição de cargas em jovens universitários destreinados.
Authors: Medeiros, Vitor Rubem de Lucena Azevedo
Keywords: Teste de força. Preensão manual. Leg press
Issue Date: 30-Nov-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MEDEIROS, Vitor Rubem de Lucena Azevedo. Relação da força de preensão manual e teste de força máxima no leg press para a predição de cargas em jovens universitários destreinados. 2015. 30f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Departamento de Educação Física. Centro de Ciências da Saúde. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, 2015.
Portuguese Abstract: Um dos problemas enfrentados pelos profissionais nas academias é a seleção da carga para um individuo iniciante. O objetivo desse estudo foi analisar a relação de um teste simples de preensão manual usando um dinamômetro com a finalidade de obter um esquema matemático para que o professor tenha segurança e convicção na carga máxima suportada pelo indivíduo. Assim, estima-se que tal indivíduo consiga trabalhar na intensidade desejada, tornando a prescrição mais eficiente e fazendo com que a carga não esteja abaixo do limite aceitável para promover adaptações necessárias, além de diminuir os riscos que as cargas excessivas podem causar. A população do estudo foi composta por 30 indivíduos, sendo 17 do sexo masculino e 13 do sexo feminino. Os participantes responderam o questionário IPAC – versão curta. Medidas antropométricas foram registradas (peso, altura e idade.) Posteriormente, houve a aplicação do teste de preensão manual e o teste 1RM no Leg press. A análise estatística foi realizada através do software Eviews 8.1®, seguindo o modelo de Regressão Linear Múltipla. Encontramos a seguinte equação no estudo: RM Leg Press = α + β*Sexo + β*altura + β*idade + β*peso + β*PD + β*PE + ε Para estimar os valores dos parâmetros β de cada variável, foi feita uma Regressão Linear Múltipla por mínimos quadrados ordinários. O fator sexo significou diferença de 10% nos resultados encontrados nos testes de 1RM. Como resultado geral do estudo, foi encontrado diferenças significativas, nas quais os homens tiveram 130kg de carga máxima a mais que as mulheres, e um centímetro em altura significa 543g a mais na carga. Além disso, observou-se que um quilo de peso gera em média uma perda de 3,04kg no desempenho. Com isso podemos concluir que o teste preensão manual é valido para a previsão da carga de 1RM em universitários destreinados a partir do modelo matemático proposto, muito embora haja a necessidade de pesquisas mais aprofundadas para as afirmações dos resultados obtidos no recorte proposto neste estudo.
Abstract: Physical activity plays a key role in people's lives, now looking to develop activity weathered charges in the academies has increased and the problems faced by professionals is the charge of the selection for a beginner individual, The aim of this study was to analyze the relationship a simple test of grip using a dynamometer and uses it to obtain a mathematical scheme for the teacher to have security and belief in the maximum load supported by individual and able to work in the desired intensity, making the most effective prescription making the load is not below the acceptable limit for promoting necessary adjustments and consequently decreasing the risk that excessive loads may cause. The study population consisted of 30 subjects, 17 males and 13 females. Participants answered the questionnaire IPAC - short version - then anthropometric measurements were recorded (weight, height and age.) And then applying the handgrip test and 1RM test in the leg press. Statistical analysis was performed using the Eviews 8.1® software, following the multiple linear regression model. We find the following equation in the study RM Leg Press = α + β + β * Sex * height + β + β * age * Weight + β * PD + β * PE + ε. To estimate the values of the β parameters of each variable was made a multiple linear regression by ordinary least squares. The gender factor, meant 10% difference in the results found in 1RM tests, as a result of the study, found significant differences in which men had 130kg maximum load more than women, than a centimeter in height means 543g more in charge and that a kilogram of weight produces on average a loss of 3,04kg performance. Thus we can conclude that the handgrip test is valid for 1RM load forecast untrained university from the proposed mathematical model, although requiring further research.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/1659
Other Identifiers: 2009049578
Appears in Collections:Educação Física (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Relaçãoforçapreensão_2015_Trabalho de Conclusão de CursoTexto Completo759.78 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.