Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/1635
Title: A comunicação estabelecida pelo enfermeiro no momento do acolhimento e classificação de risco pediátrico
Authors: Araújo, Irlenya Medeiros
Keywords: Acolhimento;Classificação - Risco pediátrico;Enfermagem
Issue Date: 4-Dec-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ARAÚJO, Irlenya Medeiros. A comunicação estabelecida pelo enfermeiro no momento do acolhimento e classificação de risco pediátrico. 2015. 16f. Artigo Científico (Graduação em Enfermagem) - Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, 2015.
Portuguese Abstract: Trata-se de um estudo descrito exploratório com abordagem qualitativa que objetivou apreender a comunicação estabelecida durante a interação profissional de enfermagem com família no processo de ACCR, levando em consideração os aspectos da linguagem. A coleta ocorreu em outubro de 2015 através de entrevistas semiestruturadas, com 4 enfermeiros. Para análise dos dados adotou-se a análise temática. Os resultados foram classificados em dois eixos: fragilidades que dificultam a comunicação no setor do ACCR e estratégias para estabelecer a comunicação no setor do ACCR. Como fragilidades foram apontados: o tempo de atendimento; cuidador como foco do diálogo; ACCR centrado no modelo biomédico e checklist, em contrapartida como estratégias foram destacadas: o exercício da alteridade; o respeito aos elementos culturais e a participação dos familiares. Os achados evidenciam barreiras pessoais do profissional que prejudicam o desenvolvimento do exercício da alteridade e, portanto, um ACCR resolutivo e qualificado.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/1635
Other Identifiers: 2011003194
metadata.dc.description.embargo: 2018-12-04
Appears in Collections:FACISA - Enfermagem



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.