Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/1616
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSimplício, Emílio-
dc.contributor.advisorMedeiros, Rafaela Caterine da Cunha silva de-
dc.contributor.authorPinheiro, Ednham da Silva-
dc.date.accessioned2015-12-16T14:39:11Z-
dc.date.available2015-12-16T14:39:11Z-
dc.date.issued2015-12-
dc.identifier2011025422pr_BR
dc.identifier.citationPINHEIRO, Ednham da Silva. Composição corporal de pessoas vivendo com HIV/AIDS em programa de exercício físico. 2015. 32f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física)–Departamento de Educação Física, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/1616-
dc.description.abstractAIDS occurs in the agreement with the damage generated for the virus to the host immune system, leaving it vulnerable to opportunistic infections and malignancies. With antiretroviral therapy to introduction (HART) os morbidity and mortality rates of hiv through were significantly reduced. The syndrome redistribution of body fat or lipodystrophy syndrome are suitable os terms para one dysfunction what is directly related to adverse effects of drug therapy. Due to great records of infection, along with adverse effects of the new affordable therapies for hiv, was included way every time more up the exercise as drug therapy no, because the exercise promotes positive and important changes. The present study aimed to analyze the people of body composition living with HIV/AIDS and after six months exercise program. After six months were observed more training program results in improved body composition of individuals, such an explanation paragraph fact can occur due to exposure to art result several changes in body composition and no metabolism of individuals who have an infection.pr_BR
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectExercíciopr_BR
dc.subjectAdiposidadepr_BR
dc.subjectHIVpr_BR
dc.subjectExercisepr_BR
dc.subjectAdipositypr_BR
dc.subjectSIDApr_BR
dc.titleComposição corporal de pessoas vivendo com HIV/AIDS em programa de exercício físicopr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.contributor.referees1Simplício, Emílio-
dc.contributor.referees2Medeiros, Rafaela Catherine da Cunha Silva de-
dc.description.resumoDentre as alterações provocadas pelos antirretrovirais em pessoas vivendo com HIV/ AIDS têm-se a lipodistrofia, na qual, é caracterizada pela síndrome da redistribuição da gordura corporal, que está diretamente associada as doenças cardiovasculares. Assim, devido ao efeitos adversos dos antirretrovirais, tem sido incluído de maneira cada vez mais ascendente o exercício físico como terapia não medicamentosa, pois o exercício promove alterações positivas e importantes para essa população. Diante desse contexto, o presente estudo teve como objetivo avaliar a composição corporal de pessoas vivendo com HIV/AIDS em diferentes períodos em programa de exercício físico. O resultados apontam que três meses de programa de exercício físico não foram suficientes para melhorar a composição corporal de pessoas vivendo com HIV/AIDS. Somente após seis meses de participação em programa de exercício físico é possível observar melhorias da composição corporal desses indivíduos. Conclui-se que a composição corporal de pessoas vivendo com HIV/ Aids apresentam modificações e aspectos positivos para a saúde somente após a participação de no mínimo seis meses de prática de exercício físico.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentEducação Físicapr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
dc.contributor.referees3Araújo, Juliany de Souza-
Appears in Collections:Educação Física (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Composiçãocorporalpessoas_2015_Trabalho de Conclusão de CursoTexto completo605.32 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons