Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/1494
Title: Avaliação do impacto do projeto de extensão atenção integral à saúde da mulher no município de Santa Cruz/RN
Authors: Costa, Vanusa Ferreira da
Keywords: Saúde da Mulher. Educação em Saúde. Atenção Primária à Saúde.;Women's Health. Health Education. Primary Health Care
Issue Date: 29-Oct-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: COSTA, Vanusa Ferreira da. Avaliação do impacto do projeto de extensão atenção Integral à saúda da mulher no município de Santa Cruz/RN. 2015. 18f. Artigo Científico (Graduação em Enfermagem) - Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, 2015.
Portuguese Abstract: Introdução: As atividades de educação em saúde são um dos principais dispositivos para viabilizar a promoção da saúde, devem ser realizadas de acordo com as necessidades locais e com a demanda da comunidade, e desenvolvidas por meio de jogos, palestras, slides, rodas de conversa, de maneira clara e precisa, para facilitar o entendimento. Objetivo: Avaliar o impacto das intervenções realizadas pelo projeto de extensão “Atenção Integral à Saúde da Mulher: ações de promoção da saúde, prevenção de agravos e educação em saúde” com adolescentes, em Santa Cruz/RN. Metodologia: Foi desenvolvido um estudo exploratório e analítico, de abordagem quantitativa, no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, localizado no bairro Paraíso, município de Santa Cruz, Rio Grande do Norte. A amostra foi não probabilística por conveniência, resultando em 45 sujeitos que participaram do projeto de extensão no ano de 2014. O instrumento utilizado para coleta de dados foi um questionário com perguntas objetivas. A coleta ocorreu nos turnos matutino e vespertino, nos momentos em que as adolescentes estavam disponíveis. Para análise dos dados, foi utilizado o pacote estatístico SPSS, versão 20.0, por meio do qual foram obtidas as frequências absoluta e relativa, média, mediana e desvio padrão. Os dados foram apresentados em tabelas e discutidos à luz da literatura consultada. Resultados: Participaram do estudo 45 adolescentes do sexo feminino, com média de idade de 12,36 anos, mediana de 12 anos e desvio padrão de 2,337 anos. Todas as participantes afirmaram ter gostado de participar do projeto de extensão em 2014, (n=45, 100%), e todas apresentaram o desejo de voltar a participar em 2015, (n=45, 100%). Conclusão: As atividades educativas em saúde realizadas pelo projeto de extensão, em 2014, proporcionaram para as participantes momentos de aprendizado e (auto)conhecimento, além de ter despertado o interesse de cuidar da própria saúde, contribuindo para o desenvolvimento intelectual e pessoal das participantes.
Abstract: Introduction: The health education activities are one of the main devices to enable health promotion must be carried out according to local needs and community demand, and developed through games, lectures, slides, conversation circles clearly and accurately, to facilitate understanding. Objective: To evaluate the impact of interventions carried out by the extension project "Integral Attention to Women's Health: health promotion, disease prevention and health education" to children and teenagers in Santa Cruz / RN. Methodology: We developed an exploratory and analytical study with a quantitative approach, in Living Services and Strengthening Linkages, located in the Paradise neighborhood, municipality of Santa Cruz, Rio Grande do Norte. The sample was not probabilistic for convenience, resulting in 45 subjects who participated in the extension project in the year 2014. The instrument used for data collection was a questionnaire with objective questions. The gathering took place in the morning and evening shifts, at times when children and adolescents were available. Data analysis was performed using the statistical package SPSS, version 20.0, through which were obtained absolute and relative frequency, mean, median and standard deviation. Data were presented in tables and discussed based on the literature. Results: The study included 45 adolescent females, with a mean age of 12.36 years, median 12 years and standard deviation of 2.337 years. All participants said they liked to participate in the extension project in 2014 (n = 45, 100%), and all had the desire to come back to participate in 2015 (n = 45, 100%). Conclusion: The educational health activities carried out by the extension project in 2014 provided for the participants learning moments and (self) knowledge, and has attracted the interest of taking care of their health, contributing to the intellectual and personal development of participants.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/1494
Other Identifiers: 2011002983
metadata.dc.description.embargo: 2018-12-08
Appears in Collections:Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC PRONTO ENVIAR.pdfArtigo principal290,3 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.