Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/1460
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBorges, Boniek Castillo Dutra.-
dc.contributor.authorCosta, Ellen Souza da.-
dc.date.accessioned2015-12-02T13:48:21Z-
dc.date.available2015-12-02T13:48:21Z-
dc.date.issued2015-06-12-
dc.identifier2011034969pr_BR
dc.identifier.citationCOSTA, Ellen Souza da. Impacto do pré-aquecimento na estabilidade de cor de selantes de fóssulas e fissuras após imersão em bebidas corantes. 2015. 10 f. Monografia (Graduação) - Departamento de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/1460-
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectSelantes de fossas e fissuraspr_BR
dc.subjectCorpr_BR
dc.subjectTemperatura altapr_BR
dc.titleImpacto do pré-aquecimento na estabilidade de cor de selantes de fóssulas e fissuras após imersão em bebidas corantespr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.contributor.referees1Borges, Boniek Castillo Dutra.-
dc.contributor.referees2Caldas, Marília Regalado Galvão Rabelo.-
dc.description.resumoProblemática: A pigmentação dos materiais restauradores é um fator que induz sua troca, tornando importante o desenvolvimento de técnicas que melhorem a estabilidade de cor. Objetivo: Avaliar o impacto do pré- aquecimento na estabilidade de cor de selantes resinosos de fóssulas e fissuras após imersão em bebidas corantes. Metodologia: Utilizou-se o selante Fluroshield (Dentsply®, USA) nas cores branco e matizado. Cento e vinte espécimes (n=10) foram fotoativados a 25ºC e 68ºC, imersos em água destilada (37ºC) por 24h (T0) e, durante 7 dias (T1) (37ºC) em diferentes soluções (água destilada, refrigerante de cola ou suco de uva). A cor foi mensurada através de espectrofotômetro Easy Shade (Vita Zahnfabrik) após T0 e T1 utilizando parâmetros da CIE-L*a*b*. A alteração de cor total após T1 (ΔE) foi calculada e os resultados analisados através do teste ANOVA a 3 fatores, seguido pelo pós-teste de Tukey (p<0,05). Resultados: O pré- aquecimento gerou diminuição da alteração de cor em ambos materiais. O selante Fluroshield Branco apresentou menores valores de ΔE, e o suco de uva provocou os maiores. Conclusão: O aquecimento dos selantes Fluroshield branco e matizado até 68ºC, antes de sua fotoativação, foi eficaz, aumentando sua estabilidade de cor quando submetidos ao contato com suco de uva e coca-cola.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentOdontologiapr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
dc.contributor.referees3Costa, Giovanna de Fátima Alves da.-
Appears in Collections:Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
[2015] IMPÁCTO DO PRÉ-AQUECIMENTO NA ESTABILIDADE DE COR DE SELANTES DE FÓSSULAS E FISSURAS APÓS IMERSÃO EM BEBIDAS CORANTES.pdftrabalho de conclusão de curso - odontologia 2015.1459,42 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.