Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/1459
Title: Fatores prognósticos do melanoma da cavidade oral: uma revisão sistemática
Authors: Medeiros, Pablo Felipe de Mesquita.
Keywords: Neoplasias bucais;Melanoma;Metaloproteases;Prognóstico
Issue Date: 10-Jun-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MEDEIROS, Pablo Felipe de Mesquita. Fatores prognósticos do melanoma da cavidade oral: uma revisão sistemática. 2015. 12 f. Monografia (Graduação) - Departamento de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: O Melanoma Oral (MO) é conhecido por apresentar baixa prevalência no mundo ao mesmo tempo que apresenta alto índice de mortalidade.Em média, 15% dos pacientes sobrevivem por mais de 5 anos após o tratamento eo MO representa apenas 0,5% de todas as neoplasias orais malignas. Mesmo com baixa incidência é observado um maior número de casos em países como Japão, Uganda e Índia. Dos tratamentos descritos,o mais recomendado, é a exérese de toda lesão (com margens de segurança) mais o uso de terapia adjuvante e, em casos mais graves,dissecação dos linfonodos regionais.Este estudo tem por objetivoavaliar os fatores que influenciam o prognóstico do MO, através de uma revisão sistemática. Fatores como morfologia, imunohistoquímica e medidas de tratamento foram avaliados e se encontrou uma influência desses com o prognóstico do MO. A presença de determinados tipos de Metaloproteinases (MMPs), tipo celular no formato epitelioide, Heparanase, Fatores de Permeabilidade Vascular (VEGF) e HIF-1 estiveram relacionados com um pior prognóstico, assim como a ausência de pigmentação nas lesões. O uso de imunoterapia,aliado ao tratamento cirúrgico, e uma padronização no tratamento (evitando cirurgias pré- operatórias) mostrou uma diminuição da taxa de mortalidade e uma diminuição da agressividade do MO. Com a descoberta de novos biomarcadores é possível a formulação de novas drogas que suprimam ou inibam os fatores que influenciam para um pior prognóstico, além disso, imunoterapia e uma melhor padronização do tratamento são medidas atuais que já mostram melhorias quantoao prognóstico do MO.
Abstract: Oral Melanoma (OM) is known for presents low prevalence in the world and at the same time high mortality rate. On average, 15% of patients survive more than 5 years after the treatment and the OM represents only 0.5% of all malignant neoplasms oral. Even with low incidence is observed a greater number of cases in countries like Japan, Uganda and India. The treatments described, the most recommended, is the excision of the entire lesion (with safety margins) plus the use of adjuvant therapy and, in severe cases, dissection of the regional lymph nodes. This study aims to evaluate the factors that influence the prognosis of OM, through a systematic review. Factors such as morphology, immunohistochemistry and treatment measures were evaluated and found an influence of those with prognosis of the OM. The presence of certain types of metalloproteinases (MMPs), cell type epithelioid in shape, Heparanase, Vascular Permeability Factor (VEGF) and HIF-1 were associated with a worse prognosis, as well as the absence of pigmentation lesions. The use of immunotherapy, combined with surgical treatment, and a padronization fo the treatment (preventing preoperative surgery) showed a reduced mortality rate and a decrease of the aggressivity in OM. With the discovery of new biomarkers is possible to formulate new drugs that suppress or inhibit the factors that influence to a worse prognosis, moreover, immunotherapy and a padronization of treatment are already current measurements show improvements regarding OM prognosis.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/1459
Other Identifiers: 2011034520
Appears in Collections:Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
[2015] FATORES PROGNÓSTICOS DO MELANOMA DA CAVIDADE ORAL _ UMA REVISÃO SISTEMÁTICA.pdftrabalho de conclusão de curso - odontologia 2015.1566,13 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.