Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/1457
Title: Estudo comparativo da utilização de uma solução de fluoreto de sódio a 4,0% e de um dentifrício contendo 8,0% de arginina para o tratamento da hipersensibilidade dentinária cervical
Authors: Maia, Bianca Rodrigues.
Keywords: Hipersensibilidade;Fluoreto de sódio;Arginina
Issue Date: 12-Jun-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MAIA, Bianca Rodrigues. Estudo comparativo da utilização de uma solução de fluoreto de sódio a 4,0% e de um dentifrício contendo 8,0% de arginina para o tratamento da hipersensibilidade dentinária cervical. 2015. 14 f. Monografia (Graduação) - Departamento de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: O estudo in vivo teve o intuito de testar, comparativamente, uma solução de fluoreto de sódio a 4,0% com um dentifrício que utiliza a tecnologia Pró- Argin, contendo arginina a 8,0% para o tratamento da hipersensibilidade dentinária cervical (HSDC). Para isso, foram selecionados 104 elementos dentários de 13 pacientes e distribuídos aleatoriamente em dois grupos. No grupo I, foi realizada aplicação do fluoreto de sódio a 4,0%, na região cervical da face vestibular, durante quatro minutos. No grupo II, foi realizada aplicação do dentifrício contendo arginina a 8,0% na região cervical da face vestibular durante 4 minutos. Ambas as terapias foram realizadas em três sessões com intervalos de 48 a 72 horas. As avaliações do grau de sensibilidade foram realizadas através de estímulos táctil e térmico-evaporativo e registradas em uma Escala Visual Analógica (EVA) no início do tratamento, após a primeira sessão, antes da segunda e terceira sessão, com um mês de controle e com três meses de controle. A análise estatística utilizou os testes de Friedman, Wilcoxon e Mann-Whitney, obtendo como resultado que as duas substâncias foram eficazes na redução da HSDC (p<0,05), porém não houve diferença estatisticamente significativa entre elas (p>0,05).
Abstract: The in vivo study was designed to test, by comparison, a sodium fluoride solution 4.0% with a toothpaste that uses the Pro-Argin technology, containing arginine to 8.0% for the treatment of cervical dentin hypersensitivity (HSDC). For this, we selected 104 dental elements of 13 patients and randomly assigned into two groups. In group I, application of a 4.0% sodium fluoride was performed in the cervical region of the buccal surface for four minutes. In group II, application toothpaste containing arginine to 8.0% was made in the cervical region of the buccal surface for 4 minutes. Both treatments were performed in three sessions every 48 to 72 hours. Assessments of the degree of sensitivity were made through tactile and thermal-evaporative stimuli and recorded on a Visual Analogue Scale (VAS) at baseline, after the first session before the second and third session, with a month of control and three-month control. The statistical analysis used the Friedman test, Wilcoxon and Mann-Whitney test result being that both substances were effective in reducing HSDC (p <0.05), but there was no statistically significant difference between them (p> 0.05).
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/1457
Other Identifiers: 2011035044
Appears in Collections:Odontologia



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.