Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/1456
Title: Estabilidade da dimensão vertical de oclusão em pacientes com prótese total dupla e sua relação com o tempo de uso da prótese e a presença de bruxismo
Authors: Dantas, Ana Cecília Carlos.
Keywords: Bruxismo;Prótese total;Dimensão vertical;Idoso;Ensaio clínico
Issue Date: 28-May-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: DANTAS, Ana Cecília Carlos. Estabilidade da dimensão vertical de oclusão em pacientes com prótese total dupla e sua relação com o tempo de uso da prótese e a presença de bruxismo. 2015. 11 f. Monografia (Graduação) - Departamento de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: O objetivo do presente trabalho foi avaliar a estabilidade da dimensão vertical de oclusão em pacientes portadores de prótese total dupla, relacionando-a com a presença do bruxismo e o tempo de uso da prótese. Foram selecionados 40 pacientes reabilitados com prótese total dupla, durante o período de 2013 a 2014, no Departamento de Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. A avaliação consistiu de uma coleta de dados pessoais, da informação de tempo de uso da prótese, da coleta de valores da dimensão vertical de oclusão inicial e final, além da aplicação de questionário e exame físico, específicos para o bruxismo. Observou-se uma amostra com média de 64,40 ± 8,55 anos, onde nenhum indivíduo foi diagnosticado como bruxômano. Considerando a associação entre a DVO e o tempo de uso das próteses totais, não houve resultado estatisticamente significativo (p>0.05). Pode-se concluir que, a prevalência de bruxismo na população usuária de PT dupla é baixa e que não houve relação entre estabilidade da DVO e o tempo de uso da prótese.
Abstract: The objective of this study was to evaluate the stability of the vertical dimension of occlusion in patients with full double prosthesis, relating it to the presence of bruxism and time of use of the prosthesis. 40 patients were selected rehabilitated with double denture during the period 2013-2014, at the Department of Dentistry, Federal University of Rio Grande do Norte. The evaluation consisted of a collection of personal data, the prosthesis usage time information, collecting values of the vertical dimension of occlusion initial and final, as well as a questionnaire and physical examination specific to bruxism. A sample was observed with an average 64.40 ± 8.55 years, no individual which was diagnosed with bruxism. Considering the association between DVO and the time of use of dentures, there was no statistically significant result (p> 0.05). It can be concluded that the elderly have low prevalence of bruxism and artificial teeth have sufficient hardness to maintain the OVD stable for a long period of time of use of the prosthesis.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/1456
Other Identifiers: 2011035115
Appears in Collections:Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
[2015] ESTABILIDADE DA DIMENSÃO VERTICAL DE OCLUSÃO EM PACIENTES COM PRÓTESE TOTAL DUPLA E SUA RELAÇÃO COM O TEMPO DE USO DA PRÓTESE E A PRESENÇA DE BRUXISMO.pdftrabalho de conclusão de curso - odontologia 2015.1660,58 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.