Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/1383
Título: O ensino da música contextualizado com a cultura do aluno: um resgate do humano
Autor(es): Fernandes, Midiam de Souza
Palavras-chave: Educação musical;Música - Aspectos culturais;Cultura
Data do documento: 2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Referência: FERNANDES, Midiam de Souza. O ensino da música contextualizado com a cultura do aluno: um resgate do humano. 2014. 43 f. Monografia (graduação) - Escola de Música, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, 2014.
Resumo: Esta monografia de carácter qualitativo descritivo relata alguns aspectos do ensino de música não formal contextualizado com a cultura local do bairro Felipe Camarão na zona oeste da cidade do Natal, capital do estado do Rio Grande do Norte, através do Projeto Conexão Felipe Camarão que tem como um dos seus objetivos desenvolver nas crianças e jovens do bairro o sentimento de pertença e valorização da sua própria cultura. O Projeto Conexão Felipe Camarão existe há 11 anos, sendo realizado pela Organização não Governamental Associação Companhia Terramar promovendo o entendimento de que o Homem que conhece a sua origem e a valoriza tem condições de colocar-se enquanto ser pensante e atuante dentro da sociedade. O ensino da música dentro deste projeto se dá através da contextualização da música com a tradição da cultural oral existente no bairro. O Projeto Conexão Felipe Camarão tem como público alvo crianças e jovens com idades de 04 aos 24 anos. Os seus professores de música do Projeto Conexão Felipe Camarão são profissionais que tem identificação com a metodologia humanizada que é desenvolvida pelas ações promovidas pelo projeto. Tradições centenárias como o Auto do Bois de Reis do Mestre Manoel Marinheiro, bem como a sonoridade da música do Mestre Cícero da Rabeca vem sendo mantidas e divulgadas pelos e para alunos do projeto ao longo destes 11 anos de existência. Sendo o ensino da música no Projeto Conexão Felipe Camarão sinônimo de expansão Humana possível.
Abstract: This monograph is an account of the descriptive and qualitative nature of some aspects of non-formal music education contextualized within the local culture of the Felipe Camarão neighborhood in the western part of the city of Natal, capital of Rio Grande do Norte, Brazil. The Felipe Camarão Connection Project works with children of the neighborhood and has goals to develop in them a sense of belonging and an appreciation of their own culture. The Felipe Camarão Connection Project has existed for 11 years. It is supported by the non-governmental organization Association Terramar Company to promote the understanding that Man knows and values his origins and can present himself as a thinker and an actor within society. The teaching of music within this project is through the contextualization of music with the tradition of the oral culture which exists in the neighborhood. The Felipe Camarão Connection Project’s target audience is children and young people aged 04 to 24 years. The music teachers in the Felipe Camarão Connection Project are professionals who have identified with the humanized methodology that is developed by the actions promoted by the project. Centuries-old traditions such as the Auto de Bois de Reis (a local dance) by Master Manoel Marinheiro and the sound of the music of Master Cicero da Rabeca have been maintained and promoted by and of students of the project over its 11 years of existence. In the Felipe Camarão Connection Project, music education is synonymous with the possibility of Human expansion.
URI: http://monografias.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/1383
Outros identificadores: 2012901630
Aparece nas coleções:Música (licenciatura)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EnsinoMúsicaContextualizado_Fernandes_2014..pdfMonografia - Licenciatuera em Música - 2014566,35 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.