Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/1354
Título: Sob o concreto, as dunas ou como o junkspace invadiu a cidade (Natal do séc. XXI)
Autor(es): Freire, Ana Luíza Silva
Palavras-chave: Junkspace;Arquitetura contemporânea
Data do documento: 15-Jun-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Referência: FREIRE, Ana Luíza Silva. Sob o concreto, as dunas ou como o junkspace invadiu a cidade. 2015. 105 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Departamento de Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: O trabalho em questão constitui-se de uma análise crítica, apoiada em articulações entre texto e imagens reais e fotomontagens, de transformações espaciais ocorridas em Natal a partir do século XXI. O caráter ensaístico do trabalho procura elucidar reflexões sobre a ordem urbana estabelecida, e fundamenta-se conceitualmente no texto Junkspace, de autoria do arquiteto holândes Rem Koolhaas. Metodologicamente, realizou-se um diagnóstico não sistematizado das regiões Sul e Leste da cidade, de maneira a relacionar a produção espacial contemporânea encontrada nas áreas ao conceito que alicerça este trabalho. Construiu-se, também, uma argumentação a partir da revisão bibliográfica necessária à compreensão do tema central. O debate estabelecido gerou uma leitura da cidade que relaciona a expressão da arquitetura aqui encontrada com mecanismos de perpetuação de uma sociedade de consumidores. A partir de diversos desdobramentos das reflexões suscitadas pela aplicação do Junkspace à realidade urbana Natalense, estabeleceu-se uma crítica à questões sociais atuais. Ademais, utilizando a técnica da fotomontagem, desenhou-se cenários fictícios que procuram fortalecer conceitos debatidos ao longo do trabalho, suscitando outras reflexões sobre a cidade atual, os futuros possíveis, e a atuação dos planejadores e produtores espaciais urbanos
Abstract: This assignment consists of a critical analysis, based on connections between text, real pictures and photomontages, describing spatial transformations in Natal from the twenty-first century. The essayistic character of the work seeks to elucidate reflections on the established urban order, and is based conceptually on “Junkspace”, a text written by the Dutch architect Rem Koolhaas. Methodologically, it was based on a diagnosis not systematized of the South and East areas of the studied city, relating the contemporary spatial production elements found the previously mentioned areas with the concept that underpins this work. It built up also an argument from the literature review needed to understand the central theme. Thus, a debate was generated, establishing an expression of the architecture found here, showing the perpetuating mechanisms of a society of consumers. From various reflections raised by the implementation of Junkspace Natal’s urban reality, it was settled a critique of current social issues. In addition, using the technique of photomontage, we drew up fictitious scenarios that seek to strengthen concepts discussed throughout the work, prompting further reflection on the current city, possible futures, and the role of planners and urban spatial producers in producing urbanity in a sphere dominated by the consumerism issue.
URI: http://monografias.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/1354
Outros identificadores: 2009028120
Aparece nas coleções:Arquitetura e Urbanismo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Junkspace_Freire_2015.pdfMonografia completa8,35 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons