Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/1254
Title: Variação da estrutura da vegetação de restinga no gradiente edáfico-topográfico litorâneo
Other Titles: Determinants of variation in heath vegetation structure on coastal dune fields in northeastern South America
Authors: Silva, Augusto César da
Keywords: Restinga - Dunas costeiras - Parnamirim RN;Solo;Vegetação - Restinga;Topografia
Issue Date: 2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, César da Silva. Variação da estrutura da vegetação de restinga no gradiente edáfico-topográfico litorâneo. 2015. 29 f. TCC (Graduação) - Curso de Ecologia, Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015
Portuguese Abstract: Apesar de suas implicações para o armazenamento de carbono, conservação animal, e regeneração de plantas, a variação na estrutura da vegetação de restinga costeira do nordeste do Brasil ainda é pouco estudada. Neste estudo analisei como características topográficas e edáficas deste ambiente influenciam a variação estrutural da vegetação de restinga que ocorrem em campos de dunas costeiras em Parnamirim, Rio Grande do Norte. Uma Análise de Componentes Principais foi conduzida com variáveis da estrutura da vegetação, e uma regressão múltipla foi conduzida tendo cada eixo da ACP como variável dependente e variáveis topográficas e edáficas como variáveis explicativas. Os solos são ácidos e de baixa fertilidade; a ACP gerou três eixos significativos que, juntos, explicaram 69% da variação da vegetação. Os eixos representaram gradientes de biomassa, cobertura de herbáceas, e proporção de plantas inclinadas, respectivamente. A resposta da estrutura desta vegetação em relação a variáveis ambientais esta ligada em sua maior extensão a características do solo, sendo a comunidade lenhosa mais influenciada por fatores edáficos como cálcio e nitrogenio. Os resultados sugerem que diferentes grupos de plantas possuem respostas diferentes aos gradientes abióticos que estão expostas. O efeito do conjunto de fatores topográficos e nutrientes do solo parece não apresentar de imediato uma forte influência sobre a estrutura da vegetação, especialmente sobre a comunidade herbácea. Ao que parece um pequeno conjunto de fatores do solo são os principais fatores responsáveis pela variação sobre estrutura da vegetação de restingas litorâneas.
Abstract: Despite its implications for carbon storage, animal conservation, and plant regeneration, the variation in the structure of heath vegetation in South America is still poorly studied. Here I analyzed the soil and topographic determinants of this variation in restinga heath vegetation that occur in fields of coastal dunes of northeastern Brazil. Despite its implications for carbon storage, animal conservation, and plant regeneration, the variation in the structure of heath vegetation in South America is still poorly studied. Soils were acidic and had low fertility; while vegetation structure showed reduced basal area and height, as well as a remarkably open canopy. A Principal Components Analysis revealed three major structural gradientes related to biomass, herbaeous cover, and leaning plants, respectively. These gradients were significantly related to soil nutrientes, mainly calcium and nitrogen in multiple regression analyses. Our results suggest that different groups of plants have different response to abiotic gradients that are exposed. The effect of the set of topographic factors and soil nutrients does not appear to present an immediate strong influence on vegetation structure, especially on the herbaceous community. It seems that a small set of soil factors are princiapais factors responsible for the variation over restingas coastal vegetation structure.
URI: http://monografias.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/1254
Other Identifiers: 2011031223
Appears in Collections:Ecologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EstruturaVegetaçao_Silva_2015.pdfMonografia318.83 kBMicrosoft Word XMLView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.