Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/11857
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCarvalho, Daniele da Rocha-
dc.contributor.authorMelo, Filipe Regis Teixeira de-
dc.date.accessioned2021-06-10T14:11:22Z-
dc.date.available2021-06-10T14:11:22Z-
dc.date.issued2021-01-27-
dc.identifier20160113762pt_BR
dc.identifier.citationMELO, Filipe Regis Teixeira de. Contabilidade ambiental: uma análise acerca do nível de conhecimento dos profissionais da área contábil do município de Natal - RN. 2021. 53f. Monografia (Graduação em Ciências Contábeis) - Departamento de Ciências Contábeis, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/handle/123456789/11857-
dc.description.abstractThe social pressures have influenced the way in which companies deal with their interaction with the environment. Aiming that its activities are accepted by the community, there is a growing search for greater accountability around information related to the environmental sphere. In this context, Environmental Accounting assists its users by providing information on environmental events that interfere in the equity situation of companies, through their identification, measurement and disclosure. This study aimed to highlight the knowledge level of Environmental Accounting among accounting professionals in the city of Natal - RN. To achieve this objective, the exploratory and descriptive methodology were used, using surveys as the technical procedure. As for the approach to the problem, the research is classified as qualitative and quantitative. The study was developed through an online questionnaire using the Google Forms platform and it was distributed via e-mail and “WhatsApp” to the concerning professionals. The survey application was held between the March 10th and the 28th of 2021. From the answers obtained, it was found that most of the accountants in the study sample have a great lack of knowledge about Environmental Accounting. Asked about the profile of organizations, 93.1% of professionals reported that the companies in which they operate do not disclose information on performance and environmental management. This scenario suggests an inhibition in the search for training and greater preparation in the environmental scope, by these professionals, due to not being charged for this knowledge in the work environment, since there is no demand around the disclosure of environmental practices. On the other hand, the study demonstrates that there is a great appreciation from these professionals around the importance of accounting as an instrument to help sustaintability and environmental management practiced by companies.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortept_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectContabilidade ambientalpt_BR
dc.subjectProfissionais contábeispt_BR
dc.subjectNível de conhecimentopt_BR
dc.titleContabilidade ambiental: uma análise acerca do nível de conhecimento dos profissionais da área contábil do município de Natal - RNpt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
dc.contributor.referees1Carvalho, Daniele da Rocha-
dc.contributor.referees2Oliveira, Rivaldo Medeiros Alves de-
dc.description.resumoAs pressões por parte da sociedade têm influenciado na forma como as empresas lidam com sua interação com o meio ambiente. Visando que suas atividades sejam aceitas pela comunidade, nota-se uma crescente busca por maior accountability em torno de informações voltadas à esfera ambiental. Nesse contexto, a Contabilidade Ambiental auxilia seus usuários fornecendo informações sobre os eventos ambientais que interferem na situação patrimonial das empresas, através da sua identificação, mensuração e evidenciação. Este estudo teve como objetivo evidenciar o nível de conhecimento dos profissionais contábeis, do município de Natal – RN, acerca da Contabilidade Ambiental. Para alcançar este objetivo, utilizou-se a metodologia exploratório-descritiva, empregando-se o levantamento como procedimento técnico. Quanto à abordagem do problema, a pesquisa enquadra-se como qualitativa e quantitativa. O estudo foi realizado mediante a aplicação de um questionário online, utilizando a plataforma Google Forms, sendo distribuído por e-mail e “WhatsApp” aos profissionais da área. O período de aplicação do questionário ocorreu entre os dias 10 e 28 de março de 2021. A partir das respostas obtidas, constatou-se que a maioria dos contadores da amostra estudada possui grande carência de conhecimento acerca da Contabilidade Ambiental. Questionados quanto ao perfil das organizações, 93,1% dos profissionais informaram que as empresas, nas quais atuam, não divulgam informações sobre desempenho e gestão ambiental. Este cenário sugere uma inibição na busca por uma capacitação e maior preparo no âmbito ambiental, por parte destes profissionais, em decorrência de não serem cobrados desses conhecimentos no ambiente de trabalho, já que não há demanda em torno da evidenciação das práticas ambientais. Em contrapartida, o estudo demonstra que há uma grande percepção em torno da importância da ciência contábil como instrumento de auxílio à sustentabilidade e gestão ambiental praticadas pelas empresas.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCiências Contábeispt_BR
dc.publisher.initialsUFRNpt_BR
dc.contributor.referees3Segantini, Giovanna Tonetto-
Appears in Collections:Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ContabilidadeAmbiental_Melo_2021.pdf1,13 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons