Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/11791
Title: Desvelando os neuromitos dos licenciandos em pedagogia da região do Seridó
Authors: Araújo, Maria das Graças Brito de
Keywords: Neurociência.;Educação.;Formação de Professores.;Neuromitos.;Neuroeducação;Neuroscience.;Education.;Teacher training.;Neuromyths.;Neuroeducation
Issue Date: 14-Apr-2021
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ARAÚJO, Maria das Graças Brito de. Desvelando os neuromitos dos licenciandos em pedagogia da região do Seridó. Caicó, RN: 2021. 46f. Monografia (Licenciatura em Pedagogia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Centro de Ensino Superior do Seridó.
Portuguese Abstract: Nas últimas décadas o conhecimento na área das neurociências tem se expandido consideravelmente e, junto a isso, tem surgido, aos poucos, uma importante aliança entre a neurociência e a educação, a que denominamos de neuroeducação. A neuroeducação tem sido uma grande aliada no processo de ensino-aprendizagem dos alunos, uma vez que, interligadas, fornecem subsídios necessários para a prática do educador. Porém, há uma preocupação em volta dos neuromitos que têm surgido ao longo da popularização dos conhecimentos neurocientíficos, os quais têm sido propagados no espaço escolar. Com base nessas informações, para o desenvolvimento do presente trabalho, foi realizado um estudo bibliográfico das temáticas que contemplam os seguintes autores: neurociência e educação (CONSENZA; GUERRA, 2011; HOUZEL, 2002, 2009; HOWARD, 2014; RATO; CALDAS, 2010; SILVA, 2020); neuromitos (DEKKER et al., 2012; EKUNI; POMPEIA, 2016); e formação de professores (NÓVOA, 1992; SHULMAN, 1986). Em seguida, ao ganhar caráter de uma abordagem qualitativa, o trabalho buscou identificar a prevalência da crença em informações equivocadas, relativas ao conhecimento neurocientífico numa turma de licenciandos de Pedagogia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – Campus Caicó, RN, e se justifica pelo fato de que as crenças nessas informações equivocadas geram práticas didáticopedagógicas que se multiplicam em problemas. Os resultados obtidos corroboram outras pesquisas já realizadas no Brasil e revelam que existe, entre os licenciandos, a crença na maioria dos sete neuromitos apresentados.
Abstract: In the last decades, knowledge in the area of Neuroscience has expanded considerably, and along with this, an important alliance between Neuroscience and Education has emerged, which we call Neuroeducation. Neuroeducation has been a great ally in the students' teachinglearning process, since, interconnected, they provide necessary subsidies for the educator's practice. However, there is a concern around Neuromyths that have arisen during the popularization of neuroscientific knowledge and that have been propagated in the school space. Based on this information, for the development of the present work, a bibliographic study of the themes was carried out that include the following authors: Neuroscience and education (CONSENZA; GUERRA, 2011; HOUZEL, 2002, 2009; HOWARD, 2014; RATO; CALDAS, 2010; SILVA, 2020), Neuromyths (DEKKER et al., 2012; EKUNI; POMPEIA, 2016); and Teacher training (NÓVOA, 1992; SHULMAN, 1986). Then, gaining the character of a qualitative approach, the work sought to identify the prevalence of belief in mistaken information regarding neuroscientific knowledge in a group of undergraduate Pedagogy students at the Federal University of Rio Grande do Norte - Campus Caicó / RN and is justified by the fact that beliefs in this mistaken information generate didactic-pedagogical practices that multiply in problems. The results obtained corroborate with other research already carried out in Brazil and reveal that there is a belief among the undergraduate students in most of the seven neuromites presented.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/11791
Other Identifiers: 2016064405
Appears in Collections:CERES - Pedagogia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DesvelandoNeuromitosLicenciandos_Araujo_2021.pdf844,51 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons