Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/11720
Title: A importância do faz-de-conta no processo de formação de uma atriz-professora-pesquisadora
Authors: Chagas, Lidia Maria Santos das
Keywords: Faz de conta;Processo de formação;Teatro;Pedagogia do oprimido;Atriz;Professora
Issue Date: 28-Apr-2021
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CHAGAS. Lidia Maria Santos das. A importância do faz-de-conta no processo de formação de uma atriz-professora-pesquisadora. 2021. 30 f. TCC (licenciatura) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes. Licenciatura em Teatro, Natal, 2021.
Portuguese Abstract: O presente Trabalho de Conclusão de Curso se propõe a refletir sobre a importância do faz-de-conta no processo de formação de uma atriz-professora-pesquisadora. O artigo é desenvolvido a partir das experiências pessoas da autora que descreve os momentos de opressão sofridos em sua formação escolar durante a infância, vivencias essas que trouxeram grandes traumas ao seu desenvolvimento social e pessoal. Revisitando estas experiências foi possível reverter esse processor de exclusão e cancelamento sofrido ao longo da formação da atriz-professora-pesquisadora. Partindo de uma análise empírica, a autora revela como foi possível vencer os seus traumas de infância a partir do faz-de-conta (LOPES, 2017) demonstrando como o ensino do teatro pode funcionar como uma porta para libertação do seu próprio eu. O trabalho aborda também a experiência docente desenvolvida pela atriz-professora-pesquisadora junto ao Associação de Orientação aos Deficientes tomando como referência o faz-de-conta, a prática de uma educação libertadora (FREIRE, 1987) e a abordagem triangular de Ana Mae Barbosa.
Abstract: This Course Conclusion Paper aims to reflect on the importance of make-believe in the process of forming an actress-teacher-researcher. The article is developed from the personal experiences of the author who describes the moments of oppression suffered in her school formation during childhood, experiences that brought great trauma to her social and personal development. Revisiting these experiences, it was possible to reverse this exclusion and cancellation processor suffered during school training. Starting from an empirical analysis, the author reveals how it was possible to overcome her childhood traumas through make-believe (LOPES, 2017) demonstrating how the teaching of theater can act as a door for the liberation of her own self. The work also addresses the teaching experience developed by the actress-teacher-researcher with the Association for the Orientation of the Disabled with reference to make-believe, the practice of a liberating education (FREIRE, 1987) and the triangular approach of Ana Mae Barbosa .
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/11720
Other Identifiers: 20160125306
Appears in Collections:Teatro

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Lidia Maria Chagas-Versão Final.pdf669,48 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons