Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/11575
Title: Condições de saúde bucal de pacientes portadores de Esclerose Lateral Amiotrófica em um centro de referência
Authors: Dourado, Júlia Carvalheira
Keywords: Esclerose Lateral Amiotrófica;Saúde bucal;Higiene bucal
Issue Date: 20-Apr-2021
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: DOURADO, Júlia Carvalheira. Condições de saúde bucal de pacientes portadores de Esclerose Lateral Amiotrófica em um centro de referência. 2021. 35f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia)- Departamento de Odontologia, Universidade Federal Rio Grande do Norte, Natal, 2021.
Portuguese Abstract: Objetivo: avaliar condições de saúde bucal dos pacientes portadores de Esclerose Lateral Amiotrófica, acompanhados num centro de referência. Métodos: trata-se de um estudo descritivo e analítico, de caráter transversal, tendo o paciente com ELA como unidade de análise. Foram examinados 40 pacientes que são acompanhados no ambulatório do Hospital Universitário Onofre Lopes. A coleta de dados foi composta por uma análise dos prontuários, questionário de higiene bucal e exame epidemiológico bucal (condição de cárie dentária, periodontal e presença de alteração em tecidos moles). Foi realizada análise descritiva da amostra, através dos testes do Qui-quadrado, Exato de Fisher, Mann-Whitney, Kruskal-Wallis e correlações de Spearman para um nível de confiança de 95%. Resultados: Houve predominância do sexo masculino (55%), idade média de 58 anos (DP=13,57). Prevalência do fenótipo espinhal e tempo de doença médio desde o diagnóstico até o dia da coleta de dados foi 39 meses (DP=46,23). A maioria dos pacientes possuía a escala funcional revisada (ALSFRS) menor que 39 (62,1%), sendo a média da escala de 30 pontos (DP= 12,08). Mais da metade da amostra escova os dentes menos de 3x por dia e 75% não utilizam o fio dental. A média CPO-d foi de 18 dentes (DP=7,29). Em relação às condições periodontais (CPI e PIP), os piores escores encontrado foi de cálculo dentário (57,5%) e de perda de inserção foi de 0-3mm (75%). Não houve relação do fenótipo clínico e/ou estado funcional da ELA com a experiência de cárie e condições periodontais. Conclusão: Os indivíduos com ELA apresentam alterações na condição de saúde bucal, mas que não possuíram associação com estado funcional e/ou fenótipo clínico da doença. A participação do Cirurgião-Dentista na equipe interdisciplinar tem extrema importância no cuidado da saúde desses pacientes.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/11575
Other Identifiers: 20160127365
Appears in Collections:Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CondiçõesdeSaúde_DOURADO_2021.pdf
Restricted Access Until 2022-05-03
759,83 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons