Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/11496
Title: Uso do hidrogel agrícola e adubação foliar no cultivo e produção da palma forrageira
Authors: Costa, Pablo Ramon da
Keywords: Água;Water;Fertilização;Fertilization;Forragem;Forage;Opuntia stricta;Polymer;Polímero
Issue Date: 1-Dec-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: COSTA, Pablo Ramon da. Uso do hidrogel agrícola e adubação foliar no cultivo e produção da palma forrageira. 2020. 44f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Macaíba, 2020.
Portuguese Abstract: A palma forrageira (Opuntia e Nopaleae) apresenta um quadro histórico de baixo desempenho em algumas regiões das zonas semiáridas, sendo comum a morte de cladódios e plantas, observou-se, no entanto, que o fornecimento hídrico é capaz de reverter este quadro e possibilitar um desempenho satisfatório desta cactácea, entretanto o alto custo e a baixa disponibilidade hídrica são entraves à adoção da irrigação na palma. Pensando nisso, objetivou-se avaliar o efeito do polímero absorvente de umidade na cultura da palma, aliado ao fornecimento nutricional via adubação foliar, sobre as características estruturais, produtivas e químicas da palma forrageira. A variedade de palma utilizada no experimento foi a Orelha de Elefante Mexicana, no sistema de plantio em fileiras duplas do tipo carta de baralho, com espaçamento 1,50 X 0,5 X 0,15m. Utilizou-se três tratamentos e seis repetições, no delineamento inteiramente casualizado. Os tratamentos foram distribuídos da seguinte forma; Tratamento FS: Fertilização convencional via solo, sem adição do hidrogel;- Tratamento FFH: 6 gramas do polímero por litro de água + adubação com ureia e cloreto de potássio exclusivamente na forma líquida;- Tratamento FF: A dose recomendada para adubação com ureia e cloreto de potássio (KCL), foi disponibilizada exclusivamente na forma líquida. O intervalo de aplicação das doses de adubação foi de 90 dias em todos os tratamentos. As variáveis analisadas foram: Massa de forragem verde e seca (MV e MS), teor de matéria seca, comprimento, espessura e largura de cladódios, altura de planta e composição química. Houve efeito de tratamento (P<0,05) para as variáveis proteína bruta (PB) e matéria mineral (MM), onde os tratamentos FFH e FF obtiveram médias superiores em relação ao tratamento FS. Foi observado efeito de tratamento (P<0,05) para a fibra em detergente ácido, os maiores valores foram observados nos tratamentos FFH e FF. A massa seca de forragem foi menor no tratamento do FFH, possivelmente propiciado pelo fornecimento hídrico via hidrogel, reduzindo a massa seca de forragem neste tratamento. O hidrogel agrícola e a adubação foliar possibilitou o desenvolvimento da palma forrageira contribuindo para melhoria dos atributos da sua composição química em termos de PB e MM, principalmente.
Abstract: The forage palm (Opuntia and Nopaleae) presents a historical picture of low performance in some regions of the semiarid zones, with the death of cladodes and plants being common, it was observed, however, that the water supply is capable of reversing this situation and enabling a satisfactory performance of this cactus, however, the high cost and low water availability are obstacles to the adoption of palm irrigation. With this in mind, the objective was to evaluate the effect of the moisture-absorbing polymer on the culture of the palm, combined with the nutritional supply via foliar fertilization, on the structural, productive and chemical characteristics of the forage palm. The palm variety used in the experiment was the Mexican Elephant Ear, in the double-row playing card planting system, with spacing of 1.50 X 0.5 X 0.15 m. Three treatments and six repetitions were used, in a completely randomized design. The treatments were distributed as follows; FS treatment: Conventional fertilization via soil, without adding the hydrogel; - FFH treatment: 6 grams of polymer per liter of water + fertilization with urea and potassium chloride exclusively in liquid form; - FF treatment: The recommended dose for fertilization with urea and potassium chloride (KCL), was made available exclusively in liquid form. The interval of application of fertilizer doses was 90 days in all treatments. The variables analyzed were: Green and dry forage mass (MV and MS), dry matter content, length, thickness and width of cladodes, plant height and chemical composition. There was a treatment effect (P <0.05) for the variables crude protein (CP) and mineral matter (MM), where the treatments FFH and FF obtained higher means than the treatment FS. A treatment effect (P <0.05) was observed for the acid detergent fiber, the highest values were observed in the FFH and FF treatments. The dry mass of forage was lower in the treatment of FFH, possibly provided by water supply via hydrogel, reducing the dry mass of forage in this treatment. Agricultural hydrogel and foliar fertilization enabled the development of forage palm, mainly contributing to the improvement of its chemical composition attributes in terms of PB and MM.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/11496
Other Identifiers: 2016037201
Appears in Collections:Engenharia Agronômica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
UsoHidrogelAgricola_Costa_2020.pdfTCC Palma Pablo 2020.11,57 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons