Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/11385
Title: Longitudinalidade das ações de cuidado materno-infantil na atenção primária à saúde.
Authors: Henrique, Mayra Kelly Santana
Keywords: Longitudinalidade do cuidado.;Longitudinality of care.;Cuidado materno-infantil.;Maternal and child care.;Atenção primária à saúde.;Primary health care.
Issue Date: 26-Feb-2021
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: Henrique, Mayra Kelly Santana. Longitudinalidade das ações de cuidado materno-infantil na atenção primária à Saúde. 2021. 43f. Monografia (Especialização) - Curso de Residência Multiprofissional em Atenção Básica, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Caicó, 2021.
Portuguese Abstract: No Brasil, ao longo dos anos múltiplas estratégias foram desenvolvidas com o intuito de melhorar a saúde da população materno-infantil, entre elas esteve a instituição da rede cegonha. A Atenção Primária à Saúde (APS) incorpora os princípios do SUS e encontra-se como importante ponto de fortalecimento e organização dessa rede. A APS diferencia-se dos outros níveis de atenção por apresentar atributos essenciais e derivados. Dentre esses atributos, a presente pesquisa direcionou seu foco a longitudinalidade, que se destaca como uma característica central, sendo bastante relevante para o seu funcionamento adequado. O presente estudo, objetivou compreender como se apresenta a longitudinalidade das ações de cuidado materno-infantil na atenção primária em um município do interior do Rio Grande do Norte (RN). Trata-se de um estudo de natureza qualitativa, de caráter analítico-descritivo, desenvolvido a partir de dados coletados mediante a técnica de entrevista, com base em roteiro semiestruturado, realizadas no período de janeiro a agosto de 2020 no município de Caicó- RN. A análise dos dados foi realizada após a transcrição das entrevistas, por meio da triangulação de dados. Os resultados apresentados demonstraram que a longitudinalidade se apresentou através das ações desenvolvidas, favorecendo a criação de vínculos, boa comunicação, troca de saberes e adesão dos usuários. Contudo, alguns problemas nesse processo também foram evidenciados. Notou-se também que diversas estratégias foram descritas pelos profissionais e residentes visando garantir a longitudinalidade das ações de cuidado materno-infantil na APS, entre as mais citadas estão o investimento em ações mais dinâmicas, fortalecimento dos vínculos, utilização de redes sociais para comunicação e chamamento da população e a realização de planejamentos. Os resultados ainda trouxeram questões relativas ao processo de formação dos residentes inseridos no serviço, trazendo a atuação dos mesmos fortemente associada com a aquisição de instrumentos importantes para a longitudinalidade. Compreendeu-se que as ações realizadas foram bastante relevantes para o cuidado materno-infantil e a assistência produzida promoveu a oferta regular de cuidados, acompanhou as necessidades de saúde apresentadas pela população e favoreceu a integralidade do cuidado.
Abstract: In Brazil, over the years, multiple strategies have been developed to improve the health of the maternal and child population among them was the institution of the stork network. Primary Health Care (PHC) incorporates the principles of SUS and is an important point for strengthening and organizing this network. Primary care differs from other levels of care for it has essential and derived attributes. Among these attributes, this research has focused on longitudinality, which stands out as a central characteristic of PHC, being quite relevant for its proper functioning. This study aimed to understand how the longitudinality of maternal and child care actions in primary care is presented in a city in the interior of Rio Grande do Norte (RN). This is a qualitative, analytical-descriptive study, developed from data collected using the interview technique, based on a semi-structured script, carried out from January to August 2020 in the municipality of Caicó-RN. Data analysis was performed by transcribing the interviews, using data triangulation. The results presented showed that longitudinality was presented through the actions developed, favoring the creation of bonds, good communication, exchange of knowledge, and user adhesion. However, some problems in this process were highlighted. It was also noted that several strategies were described by professionals and residents to guarantee the longitudinality of the maternal and child care actions in PHC. The investment in more dynamic actions, strengthening of bonds, the use of social networks for communication, calling the population, and carrying out planning was the most cited actions. The results also raised relative issues to the training process of the residents in the care services, bringing their performance is strongly associated with the acquisition of important instruments for longitudinality. It was understood that the actions performed were quite relevant for maternal and child care, and the assistance produced promoted the regular offer of care followed the health needs presented by the population, and favored comprehensive care.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/11385
Other Identifiers: 20194001326
Appears in Collections:Residência Multiprofissional em Atenção Básica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Longitudinalidade das ações_Henrique_2021.pdf
Restricted Access Until 2023-03-15
A monografia será utilizada para publicações em revistas.
538.59 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons