Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/11323
Title: Impacto da suplementação com Coenzima-Q10 sobre os marcadores bioquímicos em mulheres obesas portadoras da Síndrome dos Ovários Policísticos.
Authors: Costa, Ingrid Valentim de Lima
Keywords: Síndrome dos Ovários Policísticos;Polycystic Ovary Syndrome;Coenzima Q10;Coenzyme Q10;Resistência à insulina.;Insulin resistance
Issue Date: 1-Mar-2021
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: COSTA, Ingrid Valentim de Lima. Impacto da suplementação com Coenzima-Q10 sobre os marcadores bioquímicos em mulheres obesas portadoras da Síndrome dos Ovários Policísticos. 2021. 44f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Departamento de Farmácia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2021.
Portuguese Abstract: A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) é um distúrbio hiperandrogênico, endócrino e plurimetabólico que acomete uma parcela da população feminina em idade reprodutiva. Portadoras da SOP apresentam um perfil metabólico frequentemente associado à intolerância a glicose, dislipidemia, resistência à insulina (RI), possuindo assim uma maior prevalência de obesidade e síndrome metabólica. Estudos demonstraram que a SOP está associada à diminuição das concentrações de antioxidantes gerando um quadro de estresse oxidativo, além disso, tem sido intimamente relacionada ao aumento das espécies reativas de oxigênio (EROs). O estresse oxidativo gerado por esse excesso das EROs favorece o desenvolvimento de complicações, como a dislipidemia, hipertensão, RI entre outras. Considerando este quadro, a coenzima Q10 (CoQ10) é utilizada no metabolismo glicídico e lipídico por possuir uma poderosa ação antioxidante. Diante disso, o presente estudo objetivou avaliar o efeito da suplementação com CoQ10 sobre os marcadores bioquímicos em mulheres obesas portadoras da SOP. O N amostral foi composto por 60 mulheres obesas, com idades entre 20 e 40 anos. Para análise comparativa, as pacientes foram divididas em dois grupos: Caso (obesas com SOP - n = 30); Controle (obesas sem SOP – n = 30), ambos submetidos à suplementação com coenzima Q10 100mg/dia via oral por 08 semanas. A obesidade foi caracterizada pelo índice de massa corporal (IMC), considerando o ponto de corte ≥ 30,0 kg/m². Em seguimento, as mulheres foram avaliadas quanto aos parâmetros clínicos e bioquímicos. Para análise estatística foi utilizado o pacote estatístico SPSS© versão 22. Quanto a análise comparativa entre o grupo SOP, pré e pós-intervenção, demonstrou diferenças significativas em relação à massa (91,1 vs. 89,9 kg p=0,008) e glicose 120 minutos (138 vs. 122,5 mg/dL p=0,004). Em relação ao grupo controle (pós-intervenção), foi possível observar resultados significativos frente a alguns parâmetros bioquímicos. Deste modo, a intervenção com a coenzima Q10 pode promover efeitos benéficos em relação às principais alterações metabólicas presentes na SOP e na obesidade.
Abstract: Polycystic Ovary Syndrome (PCOS) is a hyperandrogenic, endocrine and plurimetabolic disorder that affects a portion of the female population of reproductive age. People with PCOS have a metabolic profile often associated with glucose intolerance, dyslipidemia, insulin resistance (IR), thus having a higher prevalence of obesity and metabolic syndrome. Studies have shown that PCOS is associated with a decrease in the concentration of antioxidants, generating oxidative stress, in addition, it has been closely related to the increase in reactive oxygen species (ROS). The oxidative stress generated by this excess of ROS favors the development of complications, such as dyslipidemia, hypertension, IR, among others. Considering this situation, coenzyme Q10 (CoQ10) is used in glycidic and lipid metabolism because it has a powerful antioxidant action. Therefore, the present study aimed to evaluate the effect of supplementation with CoQ10 on biochemical markers in obese women with PCOS. The sample N was composed of 60 obese women, aged between 20 and 40 years. For comparative analysis, patients were divided into two groups: Case (obese with PCOS - n = 30); Control (obese without PCOS - n = 30), both submitted to supplementation with coenzyme Q10 100mg / day orally for 08 weeks. Obesity was characterized by the body mass index (BMI), considering the cutoff point ≥ 30.0 kg / m². As a follow-up, women were evaluated for clinical and biochemical parameters. The statistical package SPSS © version 22 was used for statistical analysis. As for the comparative analysis between the SOP group, pre and post-intervention, it showed significant differences in terms of mass (91.1 vs. 89.9 kg p = 0.008) and glucose 120 minutes (138 vs. 122.5 mg / dL p = 0.004). In relation to the control group (post-intervention), it was possible to observe significant results in relation to some biochemical parameters. Thus, intervention with coenzyme Q10 can promote beneficial effects in relation to the main metabolic changes present in PCOS and obesity.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/11323
Other Identifiers: 2014051177
Appears in Collections:Farmácia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ImpactodasuplementaçãocomCoenzima-Q10_Costa_2021Texto completo477,47 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons