Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/11133
Title: Isolamento e identificação dos alcaloides presentes no vinho da Jurema e avaliação dos parâmetros comportamentais induzidos por N,N-dimetiltriptamina em Zebrafish
Authors: Costa, Ana Flávia Rodrigues
Keywords: Alcaloides indolicos;Vinho da Jurema;Mimosa tenuiflora;Peganum harmala;zebrafish;Comportamento
Issue Date: 30-Sep-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: COSTA, Ana Flávia Rodrigues. Isolamento e identificação dos alcaloides presentes no vinho da Jurema e avaliação dos parâmetros comportamentais induzidos por N,N-dimetiltriptamina em Zebrafish. 2020. 64 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Departamento de Farmácia, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, 2020.
Portuguese Abstract: As plantas do gênero Mimosa pertencente à família Fabaceae, a espécie tenuiflora é fonte de alcaloide indolico, conhecida popularmente como Jurema-preta bastante distribuída na Caatinga, sendo o principal ingrediente da bebida enteogênico (vinho da Jurema). Em algumas tribos são associados com a planta do gênero Peganum que pertence à família Nitrariaceae, sendo a espécie utilizada harmala, conhecida como Arruda da Síria, e os compostos ativos incluem alcaloides β-carbolínicos, potencializando o efeito alucinógeno da bebida. O objetivo desse trabalho foi realizar o isolamento da N,N-dimetiltriptamina e harmina, e posteriormente sua avaliação comportamental em Danio rerio (zebrafish). O extrato da raiz da M. tenuifora foi preparado por maceração dinâmica com HCl 0,1 M, submetidos à extração ácido-base para obtenção de frações enriquecidas e em seguida uma partição L-L com hexano, e identificado através da análise CG-EM. Já o extrato das sementes da P. harmala foi preparado por extração sob refluxo, e logo em seguida uma extração ácido-base para se obter o extrato enriquecido de alcaloide, foi preparada a cromatografia em coluna com sílica gel 60 e então eluída com solventes em diferentes proporções clorofórmio/metanol (95:5), (90:10), (85:15) e (50:50) (v/v), respetivamente, e assim após uma análise previa das amostras em CCD, e sua identificação em CLUE-EM. Para avaliação do comportamento da curva dose-resposta da N,N-dimetiltriptamina (DMT) em Danio rerio, foram testados em uma tarefa de campo aberto por 60 min em concentrações de 0,0, 0,06 mg/L, 0,15 mg/L e 0,30 mg/L, e as variáveis comportamentais foram: velocidade média de natação, velocidade máxima, distância total percorrida, freezing e distância do fundo do tanque. Como resultado comportamental a concentração mais baixa da molécula apresentou-se como um possível agente ansiolítico e doses mais elevadas desencadeou um comportamento do tipo ansioso no zebrafish.
Abstract: Plants of the genus Mimosa belonging to the Fabaceae family, the species tenuiflora is a source of indole alkaloid, popularly known as Jurema-preta widely distributed in the Caatinga, it is the main ingredient of the entheogenic drink (wine from Jurema). In some tribes they associate it with plants of the genus Peganum that belongs to the family Nitrariaceae, the most used specie is harmala, known as Arruda da Síria, and the active compounds include β-carbolinic alkaloids, potentiating the hallucinogenic effect of the drink. The objective of this work was to isolate N, N-dimethyltryptamine and harmin, and posteriorly its behavioral evaluation in Danio rerio (zebrafish). The root extract of M. tenuifora was prepared by dynamic maceration with 0.1 M HCl, resigned to acid-base extraction to obtain enriched fractions and then an L-L partition with hexane, and identified through CG-MS analysis. The P. harmala seed extract was prepared by extraction under reflux, and thereafter an acid-base extraction was made to obtain the alkali-enriched extract, a column chromatography with silica gel 60 was prepared and then eluted with solvents in different chloroform/methanol proportions (95: 5), (90:10), (85:15) and (50:50) (v / v), respectively, right after a previous analysis of the samples in TLC, and their identification in CLUE-MS. To evaluate the behavior of the N,N-dimethyltryptamine (DMT) dose-response curve in Danio rerio, they were tested in an open field task for 60 min in concentrations of 0.0, 0.06 mg / L, 0.15 mg / L and 0.30 mg / L, and the behavioral variables were: average swimming speed, maximum speed, total distance covered, freezing and distance from the bottom of the tank. As a behavioral result, the lower concentration of the molecule presented itself as a possible anxiolytic agent and higher doses triggered an anxious behavior in zebrafish.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/11133
Other Identifiers: 2016087929
Appears in Collections:Farmácia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IsolamentoeidentificaçãodosalcaloidespresentesnovinhodaJurema_Costa_2020Texto Completo892.77 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.