Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/11121
Title: Prematuridade e síndromes hipertensivas na gestação: uma revisão integrativa
Other Titles: Prematurity and hypertensive disorders of pregnancy: an integrative review
Authors: Araújo, Heloísa Fernandes de
Keywords: Hypertension, Pregnancy-Induced;Pre-Eclampsia;Premature Birth
Issue Date: 3-Dec-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ARAÚJO, Heloísa Fernandes de. Prematuridade e síndromes hipertensivas na gestação: uma revisão integrativa. 2020. 26f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Departamento de Farmácia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2020.
Portuguese Abstract: Objetivo: Identificar na literatura a relação entre as síndromes hipertensivas da gestação e o nascimento prematuro. Método: Trata-se de uma revisão integrativa com coleta de publicações indexadas no PUBMED/MEDLINE, EMBASE, WEB OF SCIENCE e LILACS. Os descritores utilizados foram: hipertensão induzida pela gravidez, pré-eclâmpsia e nascimento prematuros, na qual foram selecionados os artigos publicados nos últimos 15 anos. Resultados: A busca nos bancos de dados resultou em um total de 3027 artigos publicados, sendo selecionados 15, conforme os critérios de elegibilidade. Dentre os estudos avaliados, todos apresentaram relação das síndromes hipertensivas da gestação com o nascimento prematuro, porém a maior prevalência foi observada nas gestantes que desenvolveram a pré-eclâmpsia, principalmente, naquelas com pré-eclâmpsia grave e eclâmpsia. Seis estudos analisaram também outros desfechos além do nascimento prematuro. Conclusão: As síndromes hipertensivas da gestação representam um problema de saúde pública e o nascimento prematuro é o segundo desfecho mais frequente relacionado. Dessa forma, ações que promovam a identificação precoce desse grupo de gestantes e o seu adequado manejo clínico se fazem necessárias para a melhoria dos desfechos maternos e neonatais.
Abstract: Objective: Identify in the literature the relationship between hypertensive syndromes of pregnancy and premature birth. Methods: The integrative review used the electronic databases PubMed/MEDLINE, EMBASE, WEB OF SCIENCE and LILACS. The descriptors used were pregnancy-induced hypertension, pre-eclampsia and premature birth and selected articles published in the last 15 years. Results: The search in the databases resulted in 3027 published articles, however only 15 articles were selected in accord to the eligibility criteria. Among the studies evaluated, all showed a relationship between hypertensive syndromes of pregnancy and premature birth, but the highest prevalence was observed in pregnant women who developed pre-eclampsia, especially in those with severe pre-eclampsia and eclampsia. Six studies also analyzed other outcomes in addition to premature birth. Conclusion: Hypertensive syndromes of pregnancy represent a public health problem and premature birth is the second most frequent related outcome. Thus, actions that promote the early identification of this group of pregnant women and their adequate clinical management are necessary to improve maternal and neonatal outcomes.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/11121
Other Identifiers: 2016083868
Appears in Collections:Farmácia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Prematuridadeesindromeshipertensivas_Araujo_2020.pdf376.41 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.