Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/1109
Título: Nas águas do Rio Potengi: carta de zoneamento arqueológico subaquático (Século XVII)
Autor(es): MIRANDA, Anne Noemi França
Palavras-chave: Estuário do Potengi (RN);Tipologias da navegação (século XVII);Zoneamento arqueológico subaquático
Data do documento: 2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Referência: MIRANDA, Anne Noemi França. Nas águas do Rio Potengi: carta de zoneamento arqueológico subaquático (Século XVII). 2015. 107f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em História), Departamento de História, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: O rio Potengi como espaço favorável a navegação há muito tempo é temática corrente na historiografia norte-rio-grandense, porém esse ambiente de navegação e suas apropriações humanas não foram analisados através de um olhar arqueológico. Foram analisados relatos de cronistas do século XVII, a cartografia e a iconografia histórica portuguesa e holandesa do período e as obras de cunho historiográficas produzidas durante o século XX e referentes ao Rio Grande do Norte além de obras recentemente publicadas dentro da área de conhecimento da geografia e da geomorfologia do estuário do Potengi. Utilizando-se de uma abordagem interdisciplinar entre a Arqueologia e a História, e situada no campo da arqueologia histórica e da especialidade da arqueologia subaquática o trabalho teve por finalidade produzir um zoneamento das áreas de potencial arqueológico subaquático ligado à navegação no estuário do rio Potengi durante o século XVII. Foram aplicados três procedimentos metodológicos correntes no campo da arqueologia histórica a fim de atingir os objetivos desse trabalho que foram: a prospecção documental; a análise tipológica e o zoneamento arqueológico. O trabalho inicia pela descrição do ambiente natural e os tipos de ambientes aquáticos na Bacia Hidrográfica do rio Potengi. Depois disso, identifica e analisa as apropriações feitas pelo homem nesse espaço para a navegação durante o século XVII e apresenta as terminologias utilizadas nesse período para os espaços de navegação, bem como a tipologia das embarcações. Essas tipologias permitem compreender melhor a cultura material relacionada à navegação no século XVII e pode facilitar a identificação de vestígios de embarcações no ambiente aquático do rio Potengi por parte dos arqueólogos. A carta de zoneamento arqueológico apresentada ao final além de seu caráter informativo para a pesquisa constitui-se num importante instrumento para a gestão do patrimônio arqueológico local.
URI: http://monografias.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/1109
Outros identificadores: 2011053365
Aparece nas coleções:História (Bacharelado)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Anne Noemi 2015.1.pdf5,99 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.