Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10981
Title: Cuidados Paliativos: relações entre equipe de enfermagem e familiares à luz da Teoria de Travelbee
Other Titles: Palliative Care: relations between nursing staff and family in the light of Travelbee Theory
Authors: Medeiros, Jocellem Alves de
Keywords: Cuidados Paliativos;Relações Interpessoais;Família;Profissionais de Enfermagem;Enfermagem Pediátrica
Issue Date: 14-Dec-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MEDEIROS, Jocellem Alves de. Cuidados Paliativos: relações entre equipe de enfermagem e familiares à luz da Teoria de Travelbee. 2020. 32 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Santa Cruz, 2020.
Portuguese Abstract: Objetivo: identificar a percepção da equipe de enfermagem sobre sua relação com os familiares de neonatos e crianças que se encontram em cuidados paliativos. Métodos: pesquisa qualitativa, realizada em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e Pediatria de uma maternidade pública do Rio Grande do Norte, com 17 profissionais de enfermagem, por meio de entrevista semi-estruturada. Após transcritos, os dados foram submetidos à análise de conteúdo de Bardin e interpretados à luz da Teoria das Relações Interpessoais de Travelbee. Resultados: Da análise emergiram quatro categorias que indicam a percepção dos participantes acerca do objeto de estudo: “Cuidar e acolher pessoas, sentimentos e histórias”; “Reações em meio a dor: transitar entre a aceitação e o sofrimento”; “Comunicação de más notícias: desafios e estratégias”; “O peso do cuidar e do sofrer”. Considerações Finais: a assistência aos familiares pode ser estabelecida através dos princípios da teoria de Travelbee, pois oferece aporte teórico oportuno para ações de enfermagem no contexto dos cuidados paliativos.
Abstract: Objective: to identify the nursing team's perception about its relationship with the relatives of neonates and children who are in palliative care. Methods: Qualitative research, carried through in Unit of Neonatal Intensive Care and Pediatrics of a public maternity of Rio Grande do Norte, with 17 professionals of nursing, by means of semi-structured interview. After transcribed, the data were submitted to Bardin's content analysis and interpreted in light of Travelbee's Interpersonal Relations Theory. Results: From the analysis four categories emerged that indicate the perception of the participants about the object of study: "Caring and welcoming people, feelings and stories"; "Reactions in the midst of pain: transition between acceptance and suffering"; "Communication of bad news: challenges and strategies"; "The weight of care and suffering". Final Considerations: Assistance to family members can be established through the principles of Travelbee's theory, because it offers timely theoretical input for nursing actions in the context of palliative care.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10981
Other Identifiers: 20160121808
Appears in Collections:FACISA - Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CUIDADOS PALIATIVOS.pdf679.81 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons