Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10978
Title: Análise do impacto da pandemia provocada pela Covid-19 na sustentabilidade financeira dos municípios do Rio Grande do Norte
Authors: André, Ana Beatriz Rodrigues da Silva
Keywords: Municípios do Rio Grande do Norte;Dependência federal;Autonomia;Pandemia
Issue Date: 12-Nov-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ANDRÉ, Ana Beatriz Rodrigues da Silva. Análise do impacto da pandemia provocada pela Covid-19 na sustentabilidade financeira dos municípios do Rio Grande do Norte. 2020. 39 f. Monografia (Graduação) - Departamento de Ciências Contábeis, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2020.
Portuguese Abstract: A presente pesquisa possui como objetivo geral a análise do impacto financeiro da pandemia da Covid-19 nos cofres das municipalidades do Rio Grande do Norte. Para alcançar tal objetivo, coletou-se dados no site do Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro a respeito das receitas orçamentárias totais, das receitas oriundas de impostos e das transferências federais recebidas pelos municípios em dois recortes temporais: no 1º semestre de 2019 e no 1º semestre de 2020, visando mensurar, por meio da comparabilidade com o ano anterior, as consequências do cenário pandêmico para a dependência federal e para a contribuição dos impostos na receita municipal. Com todas as informações disponíveis extraídas, primeiramente os municípios foram segregados em quatro faixas populacionais para otimizar a análise. Em seguida, os dados foram organizados, por meio do Excel, de forma que permitisse a comparação dos valores das receitas realizadas de janeiro a junho de 2019 com aquelas auferidas nos mesmos meses de 2020. Para isso, as médias da dependência federal e da autonomia municipal foram calculadas para os dois semestres, com o propósito de avaliar se houve crescimento ou queda nos percentuais para as duas variáveis em análise. Por fim, os resultados evidenciaram que todas faixas se mostraram mais dependentes financeiramente da União no 1º semestre de 2020. Já em relação à arrecadação dos impostos, duas das quatro faixas sofreram queda nessa modalidade de ingressos (faixas 2 e 4), enquanto as outras duas apresentaram um aumento, mas que ainda se mostrou ínfimo se comparado à elevação da dependência dos recursos federais. No que tange ao teste de média aplicado, este relevou que estatisticamente as médias da arrecadação de impostos são iguais para os dois períodos avaliados, enquanto para a variável da dependência das verbas federais, todas as médias se revelaram estatisticamente diferentes.
Abstract: This research’s general objective is to analyse the financial impact of the Covid-19 pandemic in the coffers of the cities of Rio Grande do Norte. To achieve this goal, data has been collected from the Accounting and Tax Information System’s website of the Brazilian Public Sector, regarding total budget incomes, incomes from taxes and federal transfers received by the cities in the 1st semester of 2019 and in the 1st semester of 2020. Those data were collect to measure the consequences of the pandemic scenario for federal dependency and for the contribution of taxes to municipal revenue, comparing with the previous year’s results. With all available information extracted, the cities have been divided into four population group ranges to optimize the analysis. Then the data was organized, via Excel, to make the comparison of the incomes in the 1st semester of 2019 and the incomes of the 1st semester of 2020 possible. For this matter, the averages of federal dependence and municipal autonomy were calculated for the two semesters, with the purpose of verifying whether there was a growth or a drop in the percentages for the two variables under analysis. Finally, the results show that all the ranges are financially dependente of the Federal resources in the 1st semester of 2020. Regarding the tax collection, two of the four ranges have suffer a loss (ranges 2 and 4), while the other two have showed a rise, but still very small comparing to the elevation of their dependency of the Federal resources. About the mean test, this revealed that statistically the means of tax collection are the same for the two evaluated periods, while for the variable of dependence on federal resources, all means were statistically different.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10978
Other Identifiers: 2016044369
Appears in Collections:Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnaliseDoImpactoDaPandemia_Andre_2020.pdf1.15 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons