Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10975
Title: Evidências sobre os impactos da pandemia da Covid-19 na violência contra crianças: Revisão de Escopo
Other Titles: Evidence on the impacts of the covid-19 pandemic on violence against children: scoping review
Authors: Silva, Maria Carolina Batista da
Keywords: Pandemias. Infecções por Coronavirus. Maus-tratos infantis.;Pandemics. Coronavirus Infections. Child Abuse.
Issue Date: 14-Dec-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Maria Carolina Batista da. Evidências sobre os impactos da pandemia da Covid-19 na violência contra crianças: Revisão de Escopo. 2020. 40 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso de Graduação em Enfermagem) - Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Universidade do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, 2020.
Portuguese Abstract: Objetivo: mapear evidências existentes na literatura sobre os impactos da pandemia de Covid-19 na violência Infantil. Método: revisão de escopo realizada conforme as recomendações do Joanna Briggs Institute e do guia internacional PRISMA-ScR nas bases de dados MEDLINE/PubMed, CINAHL, Web of Science e LILACS no mês de outubro de 2020. Os critérios de inclusão foram: estudos disponíveis em texto completo, online, nos idiomas português, inglês ou espanhol, publicados em 2020 e que abordassem, em seu título e/ou resumo, a violência infantil no contexto da pandemia. Resultados: foram encontrados 215 artigos, dos quais 26 foram mantidos para a revisão. Dentre os principais impactos na violência contra criança destacam-se a diminuição das denúncias de violência e dos casos confirmados, aumento de maus tratos, negligência, abuso psicológico e exploração infantil e da dificuldade de identificar e relatar casos. Na sumarização dos achados emergiram as seguintes temáticas: Fechamento de escolas, aumento de riscos e diminuição das notificações de violência; Mudanças econômicas, estresse parental e aumento da violência infantil; Profissionais de saúde, serviços de proteção e a negligência para com a violência infantil. Conclusão: a pandemia da Covid-19 está impactando significativamente a vida das crianças, sobretudo àqueles que estão em risco ou em situação de violência. As recomendações de ficar em casa como forma de contenção da COVID-19, para as crianças, pode levá-las a permanecer mais tempo em um lugar inseguro. A ausência de aulas presencias e visitas dos profissionais de saúde podem prejudicar a identificação de abusos físicos e psicológicos.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10975
Other Identifiers: 20160120749
Appears in Collections:FACISA - Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EvidenciasSobre_Silva_2020.pdf572.96 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons