Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10893
Title: Home office na educação: um estudo sobre o trabalho remoto de professores em tempos de pandemia
Authors: Batista, Elder Breno dos Santos
Keywords: Trabalho remoto;Ensino remoto;Pandemia;Remote work;Remote education;Pandemic
Issue Date: 30-Nov-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: BATISTA, Elder Breno dos Santos. Home office na educação: um estudo sobre o trabalho remoto de professores em tempos de pandemia. 2020. 65f. Monografia (Graduação em Administração) - Departamento de Ciências Administrativas, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2020.
Portuguese Abstract: Como consequência do estado de calamidade pública internacional provocado pela pandemia do novo coronavírus, foi implantado emergencialmente o trabalho remoto nas empresas e o ensino remoto nas escolas em 2020. Este estudo tem como objetivo caracterizar o trabalho remoto de professores em tempos de pandemia, buscando relatar esta experiência, com suas dificuldades e vantagens. Sobre a metodologia, foi realizada pesquisa bibliográfica, pesquisa descritiva quanto aos objetivos e quantitativa quanto à natureza. Foi utilizado estudo de caso como estratégia de pesquisa, com base em uma amostra não probabilística e por conveniência de 21 professores do ensino fundamental II de uma escola particular de Natal. A coleta de dados foi realizada por meio de questionário eletrônico e a análise dos dados levou em consideração a distribuição de frequências. Como destaque entre os resultados encontrados está que a maioria dos professores entrevistados não se sentiam preparados para o trabalho remoto em seu início, porém gostariam de continua-lo após a pandemia, se fosse possível. De acordo com os dados, a maior dificuldade dos professores foi com a carga de trabalho e a maior vantagem do trabalho remoto foi o tempo de deslocamento. Como indicação para estudos futuros, sugere-se realizar a correlação das variáveis do caso.
Abstract: The context imposed by the COVID-19 pandemic demanded adaptations in work and education settings. Companies adopted the remote work during 2020 as an emergency solution. When focusing on the schools, students and professionals had the remote education as a similar strategy for their activities. Given the scenario, the aim of this study is to characterize the remote work experienced by teachers through the pandemic, exposing the derived advantages and challenges. The methodology applied in this investigation includes a bibliographic study, in addition to a descriptive and quantitative research. A case study is presented based on a non-probability convenience sampling, where a group of 21 junior high school teachers (from a private school in Natal, Brazil) collaborated by answering a digital survey form. The data analysis (considering frequency distribution) revealed that the major part of questioned individuals did not feel themselves enough skilled to execute the remote education at the beginning of the pandemic period. However, they were interested on keeping this methodology for the post-crisis. Avoiding commuting to work had the preference among the advantages, while increasing the workload was pointed as the biggest adverse aspect. An improvement for the study would be the evaluation of correlation of variables.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10893
Other Identifiers: 2014063211
Appears in Collections:Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HomeOfficeEducacao_Batista_2020.pdf972,68 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons