Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10780
Title: Relação positiva entre o ângulo de fase padronizado e estadiamento em pacientes oncológicos
Other Titles: Positive relation between standardized phase angle and neoplasm staging in oncological patients
Relación positiva entre ángulo de fase y estadificación de neoplasias en pacientes oncológicos
Authors: Ferreira, Thalles Marciano de Santana
Keywords: Câncer;Estadiamento TNM;Ângulo de Fase
Issue Date: 26-Oct-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FERREIRA, Thalles Marciano de Santana. Relação positiva entre o ângulo de fase padronizado e estadiamento em pacientes oncológicos. 2020. 26 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) - Departamento de Nutrição, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2020.
Portuguese Abstract: INTRODUÇÃO: O câncer é caracterizado pela multiplicação desordenada de células de um dado tecido, com potencial para invadir outros órgãos e tecidos. O conhecimento da extensão anatômica do câncer e sua capacidade de infiltração são importantes para nortear terapias e prognóstico, e a evolução desta doença tem forte impacto negativo no estado nutricional do paciente. E o ângulo de fase (AF) se apresenta como ótima ferramenta prognóstica para este grupo. OBJETIVO: Associar o ângulo de fase padronizado (AFP) com o estadiamento em pacientes oncológicos. METODOLOGIA: Estudo observacional e transversal, realizado com adultos e idosos com câncer não hospitalizados. Foram obtidas informações clínicas, realizada a Avaliação Subjetiva Global Produzia pelo Próprio Paciente (ASG-PPP), e calculados o AF mediante valores obtidos pela bioimpedância e, em seguida, o AF padronizado (AFP). RESULTADOS: Participaram 25 voluntários com média de idade de 58,3 anos (± 13,7), sendo 54,8% do sexo feminino e 54,8% idosos. Segundo a ASG-PPP, 74% dos voluntários apresentavam algum grau de comprometimento nutricional (escore B ou C), e foi detectada associação positiva entre o AFP e o estadiamento tumoral (p > 0,0414). CONCLUSÃO: O AFP se relacionou positivamente com o estadiamento em pacientes oncológicos.
Abstract: INTRODUCTION: Cancer is characterized by the disordered multiplication of cells in a tissue, with the potential to invade organs and tissues. Knowledge of the anatomical extent of cancer and its infiltration capacity are important to guide therapies and prognosis, and the evolution of this disease has a severe negative impact on the patient's nutritional status. And the phase angle (PA) is an excellent prognostic tool for this group. OBJECTIVE: To associate the standardized phase angle (SPA) with staging in cancer patients. METHODOLOGY: Observational and cross-sectional study with adults and elderly people with cancer who were not hospitalized. Clinical information was obtained, the Scored Patient-Generated Subjective Global Assessment (PG-SGA) was performed, and the PA was calculated using values obtained by bioimpedance and then the standardized PA (SPA). RESULTS: 25 volunteers participated, with an average age of 58.3 years (± 13.7), 54.8% female and 54.8% elderly. According to the PG-SGA, 74% of the volunteers had some degree of nutritional impairment (score B or C), and a positive association was detected between SPA and tumor staging (p> 0.0414). CONCLUSION: SPA was positively related to staging in cancer patients.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10780
Other Identifiers: 20170014795
Appears in Collections:Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RelacaoPositivaEntre_Ferreira_2020.pdf
Restricted Access Until 2022-11-20
TCC será submetido à publicação na Revista Brasileira de Cancerologia.
490,28 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons