Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10779
Title: Alimentos de transição para lactentes e crianças na primeira infância: uma análise do perfil nutricional de purês, papas e sopas industrializadas a partir do guia alimentar para crianças menores de 2 anos.
Authors: Melo, Andressa Teodósio Almeida de
Keywords: Processamento de alimentos;Alimentação complementar;Alimentos infantis;Alimentos ultraprocessados
Issue Date: 22-Oct-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MELO, Andressa Teodósio Almeida de. Alimentos de transição para lactentes e crianças na primeira infância: uma análise do perfil nutricional de purês, papas e sopas industrializadas a partir do guia alimentar para crianças menores de 2 anos. 2020. 28f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) - Departamento de Nutrição, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2020.
Portuguese Abstract: Introdução: A Organização Mundial de Saúde recomenda que a introdução alimentar seja realizada a partir dos 6 meses de vida da criança, para promover o adequado crescimento e prevenção da obesidade. No comércio do Brasil existem diversos alimentos industrializados destinados a alimentação infantil, sendo essencial avaliar sua adequação nutricional segundo as diretrizes brasileiras de promoção da alimentação saudável na infância. Objetivo: Avaliar o perfil nutricional e de processamento dos alimentos de transição para lactentes e crianças na primeira infância, comercializados em uma cidade no Brasil. Métodos: Pesquisa descritiva, transversal e observacional realizada em 100 estabelecimentos comerciais do tipo mini-mercados, supermercados e farmácias de bairros de alta e baixa renda de uma cidade brasileira. Nos estabelecimentos foram selecionados todos os alimentos do tipo papas, purês e sopas que apresentavam no rótulo a indicação de idade para menores de 36 meses, e coletadas informações sobre ingredientes e informações nutricionais. Os alimentos foram avaliados segundo energia e macronutrientes por 100 g e por porção e em acordo com a resolução vigente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária e o passo 6 do Guia Alimentar Para Crianças Menores de 2 Anos, que recomenda o não consumo de alimentos ultraprocessados segundo a classificação NOVA. Resultados: Foram encontrados 460 alimentos de transição para lactentes e crianças na primeira infância, disponíveis principalmente em supermercados de regiões de alta renda. Após a exclusão dos repetidos, restaram 27 produtos sendo 44,44% (n=12) papas/purês e 55,56% (n=15) sopas. Todos os produtos apresentaram quantidades de energia e proteínas em conformidade com a legislação vigente e as sopas tinham maiores quantidades de energia, proteínas e lipídios (p< 0,001). Quanto ao perfil de processamento, foi observado que 100% (n=12) das sopas eram processadas e 66,67% (n=8) daspapas eram ultraprocessadas, estando estas em desacordo com as recomendações do Guia. Conclusões: Os alimentos apresentavam quantidades de energia e proteínas adequadas segundo a vigilância sanitária brasileira, e em sua maioria eram processados ou ultraprocessados, estando, desta forma, a maioria estavam em desacordo com as recomendações do Guia.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10779
Other Identifiers: 2016082360
Appears in Collections:Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Andressa Teodósio Almeida de Melo.pdf
Restricted Access Until 2021-10-22
783,83 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons