Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10763
Title: Avaliação da prevalência de síndrome metabólica e seus biomarcadores em uma população jovem de um interior do Rio Grande do Norte
Other Titles: Evaluation of the prevalence of metabolic syndrome and its biomarkers in a young population in a city of Rio Grande do Norte
Authors: Araújo, Shélida Carolaine de Macêdo
Keywords: Doenças cardiovasculares;Fatores de risco;Jovens;Síndrome Metabólica
Issue Date: 2-Oct-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ARAÚJO, Shélida Carolaine de Macedo. Avaliação da prevalência de síndrome metabólica e seus biomarcadores em uma população jovem de um interior do Rio Grande do Norte. 2020. 61 f. Artigo Científico (Graduação em Nutrição) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Santa Cruz, 2020.
Portuguese Abstract: O estudo analisou a prevalência da Síndrome Metabólica e o risco cardiovascular presente em adolescentes e adultos jovens de um interior do Rio Grande do Norte. Trata-se de um estudo quantitativo transversal realizado com indivíduos entre 16-24 anos com fatores de risco para doenças cardiovasculares. Dados antropométricos e bioquímicos foram coletados. Foi realizada análise descritiva e inferencial dos dados pelo SPSS 23.0, correlação de Pearson entre índices bioquímicos e antropométricos, com nível de significância de p < 0,05 e regressão linear simples. A prevalência da Síndrome Metabólica foi definida utilizando critérios do National Cholesterol Educacion Program’s Adult Treatment Pa¬nel III (NCEP-ATP III) e pontos de corte do Índice de Adiposidade Visceral (IAV) e o risco cardiovascular utilizando o Produto de Acúmulo Lipídico (PAL) e a Razão Cintura-Estatura (RCE). A síndrome metabólica foi observada em 9,1% da população pelos critérios do NCEP-ATP III e em 21,2% pelo IAV. O risco cardiovascular da população foi de 18,2% pelo PAL e de 12,1% pela RCE. As correlações mais fortes observadas foram entre o PAL e o IAV (r= 0,675, p=<0,001, R²=0,456), entre o PAL e a RCE (r= 0,875, p=<0,001, R²=0,765) e entre o IAV e os Triglicerídeos (r= 0,817, p=<0,001, R²=0,668). A análise de regressão linear demostrou que uma variável previu a outras nos três casos. Conclui-se que o estudo apresentou alta prevalência de Síndrome Metabólica para o público-alvo e que o IAV, o PAL e a RCE podem ser boas opções para avaliar o perfil cardiometabólico e predizer risco cardiovascular.
Abstract: The study analyzed the prevalence of Metabolic Syndrome and the cardiovascular risk present in adolescents and young adults in a city of Rio Grande do Norte. This is a cross-sectional quantitative study conducted with individuals aged 16-24 years with risk factors for cardiovascular diseases. Anthropometric and biochemical data were collected. Descriptive and inferential analysis of data was performed using SPSS 23.0, Pearson's correlation between biochemical and anthropometric indices, with a significance level of p <0.05 and simple linear regression. The prevalence of Metabolic Syndrome was defined using criteria of the National Cholesterol Educacion Program's Adult Treatment Panel III (NCEP-ATP III) and cutoff points of the Visceral Adiposity Index (VAI) and cardiovascular risk using the Lipid Accumulation Product (LAP) and the Waist-to-Height Ratio (WHtR). Metabolic syndrome was observed in 9.1% of the population using the NCEP-ATP III criteria and in 21.2% using VAI. The population's cardiovascular risk was 18.2% by LAP and 12.1% by WHtR. The strongest correlations observed were between LAP and VAI (r = 0.675, p = <0.001, R² = 0.456), between LAP and WHtR (r = 0.875, p = <0.001, R² = 0.765) and between VAI and triglycerides (r = 0.817, p = <0.001, R² = 0.688). The linear regression analysis showed that one variable predicted the others in the three cases. The conclusion is that the study showed a high prevalence of Metabolic Syndrome for the target audience and that VAI, LAP and WHtR can be good options to assess the cardiometabolic profile and predict cardiovascular risk.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10763
Other Identifiers: 20160140222
Appears in Collections:FACISA - Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Avaliacaodaprevalencia_Araujo_2020.pdf
Restricted Access Until 2022-10-27
Avaliacaodaprevalencia_Araujo_20202.53 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons