Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10749
Title: A relação família e escola no processo de escolarização do aluno autista
Authors: Silva, Maria Cristina da
Keywords: Autismo.;Autism.;Educação.;Education.;Família-Escola.;Family-School.
Issue Date: Dec-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Maria Cristina da. A relação família e escola no processo de escolarização do aluno autista. 2016. 39 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) Pedagogia, Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: O Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), é um distúrbio do neurodesenvolvimento caracterizado por dificuldades de comunicação oral, de interação social e presença de movimentos repetitivos e estereotipados. Pesquisas indicam que, é fundamental a participação da família nesse processo de escolarização, que essa família possui um papel decisivo na vida dessa criança e que a escola é a única instituição que divide com a família a responsabilidade em educar essa criança. O objetivo desse trabalho foi investigar a relação da família-escola no caso de um aluno autista. A escolarização de crianças com necessidades educacionais especiais na escola regular de ensino, exige o comprometimento da família em trabalhar junto com a escola. Em alguns casos, como os alunos que tem autismo, é ainda mais necessário a participação dessa família, pois alguns autistas não desenvolvem a linguagem verbal e isso exige que a família faça um acompanhamento efetivo, a fim de ajudar a escola a descobrir caminhos para o processo de escolarização com essa criança. Para a realização dessa pesquisa foram conduzidas entrevistas com a família, a professora auxiliar e a gestão de uma Escola Estadual localizada no Município de Natal- RN. Os resultados apresentados mostram que a relação da família com a escola, tem contribuído para o desenvolvimento da criança autista e que família e escola tem consciência que precisam dessa ajuda mútua
Abstract: Autism Spectrum Disorder (TEA) is a neurodevelopmental disorder characterized by difficulties in oral communication, social interaction and the presence of repetitive and stereotyped movements. Research indicates that it is fundamental that the family participate in this process of schooling, that this family has a decisive role in the life of this child and that the school is the only institution that shares with the family the responsibility to educate this child. The purpose of this study was to investigate the relationship of the school-family in the case of an autistic student. The schooling of children with special educational needs in the regular school of education, requires the commitment of the family to work together with the school. In some cases, such as students with autism, it is even more necessary to participate in this family because some autistic children do not develop verbal language and this requires that the family follow up effectively in order to help the school find ways to Process with this child. For the accomplishment of this research, interviews with the family, the auxiliary teacher and the management of a State School located in the Municipality of Natal-RN were conducted. The results show that the relationship between the family and the school has contributed to the development of the autistic child and that the family and school are aware that they need this mutual help.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10749
Other Identifiers: 2013031410
Appears in Collections:Pedagogia (Presencial)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Relacao_Silva_2016.pdfArtigo principal621.43 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.