Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10746
Title: Estudo bibliográfico sobre a potencialidade de um compósito à base de amido de milho e fibras de mamoeiro (Carica papaya L.) para aplicação na indústria da embalagem
Authors: Freitas, Karine Dantas de Araújo
Keywords: Biocompósitos;Fibras de mamoeiro;Amido de milho;Embalagem
Issue Date: 26-Aug-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FREITAS, Karine Dantas de Araújo. Estudo bibliográfico sobre a potencialidade de um compósito à base de amido de milho e fibras de mamoeiro (Carica papaya L.) para aplicação na indústria da embalagem. 2020. 70 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Materiais) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2020.
Portuguese Abstract: As embalagens oriundas da indústria de transformados plásticos são mais difíceis de reciclar devido ao fato de serem formadas por diversos polímeros, os quais possuem diferentes aditivos como cargas e pigmentos, tornando o processo mais caro, especialmente pela dificuldade de seleção de uma técnica adequada para o seu reprocessamento. Pensando nisso, o setor produtivo tem utilizado insumos oriundos de recursos sustentáveis, estimulando o interesse para a produção de compósitos verdes. Dentre as matérias-primas usadas na produção de embalagens biodegradáveis, destacam-se as fibras celulósicas, por serem mais baratas, disponíveis o ano todo e provenientes de fontes renováveis. Entretanto, muitas semi-herbáceas existentes no bioma brasileiro, como os mamoeiros, são acumuladas em cultivares comerciais, após a extração dos frutos, para posterior incineração, o que poderia ser aproveitado como fonte potencial para obtenção de fibras naturais. Assim, este trabalho, através da revisão de literatura detalhada, apresenta uma análise crítica sobre a potencialidade de desenvolvimento de uma embalagem biodegradável a partir do amido de milho plastificado e fibras de mamoeiro. Para tanto, foram discutidos temas relacionados com a situação atual da indústria da embalagem no Brasil e as possibilidades de investimento em soluções mais sustentáveis. Foram classificados e avaliados os biocompósitos quanto aos materiais que constituem os mesmos e a sua importância para a redução da dependência de matérias-primas de origem fóssil. Também foram analisadas as fibras de mamoeiro, juntamente com o amido de milho, sob vários aspectos, como potenciais matérias-primas na concepção de embalagens biodegradáveis, dentro de uma perspectiva mais sustentável. E por último, foram apresentadas algumas das principais técnicas usadas para caracterizar compósitos verdes e faixas de valores/características esperadas para o biocompósito proposto, levando em consideração o tipo de processamento empregado. Diante das informações disponibilizadas nesta análise, torna-se evidente que o biocompósito a partir do amido de milho e fibras de mamoeiro é tecnicamente factível para soluções industriais, satisfazendo os objetivos econômicos, ambientais e seu uso na indústria da embalagem.
Abstract: The packaging from the processed plastics industry is more difficult to recycle due to the fact that they are formed by different polymers, which have different additives such as fillers and pigments, making the process more expensive, especially due to the difficulty in selecting a suitable technique for its reprocessing. Thinking about that, the productive sector has used inputs from sustainable resources, stimulating interest in the production of green composites. Among the raw materials used in the production of biodegradable packaging, cellulosic fibers stand out, as they are cheaper, available all year round and come from renewable sources. However, many semi-herbaceous in the Brazilian biome, such as papayas, are accumulated in commercial cultivars, after fruit extraction, for further incineration, which could be used as a potential source for obtaining natural fibers. Thus, this work, through a detailed literature review, presents a critical analysis of the potential for developing a biodegradable packaging from plasticized corn starch and papaya fibers. Therefore, topics related to the current situation of the packaging industry in Brazil and the possibilities for investing in more sustainable solutions were discussed. Biocomposites were classified and evaluated as to the materials that constitute them and their importance for reducing dependence on raw materials of fossil origin. Papaya fibers were also analyzed, together with corn starch, in various aspects, as potential raw materials in the design of biodegradable packaging, from a more sustainable perspective. Finally, some of the main techniques used to characterize green composites and ranges of characteristic values expected for the proposed biocomposite were presented, taking into account the type of processing used. In view of the information provided in this analysis, it becomes evident that the biocomposite from corn starch and papaya fibers is technically feasible for industrial solutions, satisfying the economic, environmental objectives and its use in the packaging industry.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10746
Other Identifiers: 20180009340
Appears in Collections:Engenharia de Materiais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Estudobiliografico_Freitas_2020.pdf1.83 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons