Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10738
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMedeiros, Maria de Fátima Dantas de-
dc.contributor.authorPaiva, Emanuelle Maria de Oliveira-
dc.date.accessioned2020-09-02T16:37:51Z-
dc.date.available2020-09-02T16:37:51Z-
dc.date.issued2020-08-21-
dc.identifier2016031674pt_BR
dc.identifier.citationPAIVA, Emanuelle Maria de Oliveira. Estudo da produção do pó de beterraba por secagem para posterior aplicação em cosméticos. 2020. 51f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Departamento de Engenharia Química, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2020.pt_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10738-
dc.description.abstractAs global advances have been taking place in Brazil and worldwide, technologies have gone hand in hand with these advances, and in the field of cosmetics, innovations are constant and necessary to keep up with the market. Among the innovations in this sector, dermocosmetics stand out, being products that have assets and/or substances that provide benefits to the skin. In this work we studied the drying of beet by different methods, aiming to obtain powders with suitable characteristics for later application in cosmetics, since this vegetable, in addition to natural pigments, has many important vitamins and bioactive substances that can contribute to skin health. Two drying methods were studied, in spouted bed and foam layer, foam-mat. In the foam-mat process, beet pulp (without peel) was prepared with the addition of Emustab® as an emulsifying agent, the foam being produced by mixing it in a domestic mixer. Pulp and foam density analysis were performed, determining a volumetric expansion of 560.4%. The foam was dried in an oven with air circulation at 70 °C and the powder product was obtained, which presented a thick texture, with a grain aspect, which suggests its later application in an exfoliating cosmetic product. In the spouted beet extract drying, corn starch in two concentrations were used as an adjuvant in order to evaluate its effect on the drying. For characterization of the extracts, analysis of moisture, total solids and soluble solids were performed. In the obtained powder, analysis of humidity, water activity and hygroscopicity were performed. There were no significant differences in the characteristics of the powders that were not hygroscopic, with low humidity and water activity below 0.6. As for the aspect, they presented light and velvety texture, suggesting subsequent application in a blush. In the present work, the pretreatment of beet extract by anaerobic fermentation was also studied, with the purpose of concentrating the bioactives and minimizing the effects of the high concentration of sugars present in the beet on the spouted bed drying. However, it was not possible to dry the fermented extract. Nonetheless, the results obtained from drying the non-fermented extracts in the spouted bed and the pulp by the foam-mat process already indicate the potential of powder products for possible application in different types of cosmetics.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortept_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.subjectbeterrabapt_BR
dc.subjectleito de jorropt_BR
dc.subjectfoam-matpt_BR
dc.subjectcosméticospt_BR
dc.subjectbeetpt_BR
dc.subjectspouted bedpt_BR
dc.subjectcosmeticspt_BR
dc.titleEstudo da produção do pó de beterraba por secagem para posterior aplicação em cosméticospt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
dc.contributor.advisor-co1Katherine Carrilho de Oliveirapt_BR
dc.contributor.referees2Dantas, Júlia Maria de Medeiros-
dc.description.resumoÀ medida que os avanços globais vêm ocorrendo no Brasil e no mundo, as tecnologias caminham junto com esses avanços, e no ramo de cosméticos as inovações são constantes e necessárias para acompanhar o mercado. Dentre as inovações deste setor, os dermocosméticos se destacam, sendo produtos que possuem ativos e/ou substâncias que proporcionam benefícios a pele. Neste trabalho estudou-se a secagem da beterraba por diferentes métodos, visando a obtenção de pós com características adequadas para posterior aplicação em cosméticos, uma vez que essa hortaliça além de pigmentos naturais possui muitas vitaminas e bioativos importantes que podem contribuir para a saúde da pele. Foram estudados dois métodos de secagem, em leito de jorro e em camada de espuma, foam-mat. No processo foam-mat, foi preparada a polpa de beterraba (sem casca) com adição de Emustab® como agente emulsificante, sendo produzida a espuma através do batimento da mesma em batedeira doméstica. Foram realizadas análises de densidade da polpa e da espuma, determinando-se uma expansão volumétrica de 560,4%. A espuma foi submetida a secagem em estufa com circulação de ar a 70°C e obteve-se o produto em pó que apresentou uma textura espessa, com aspecto de grãos, o que sugere sua posterior aplicação em um produto cosmético esfoliante. Na secagem do extrato da beterraba em leito de jorro foi utilizado como adjuvante o amido de milho em duas concentrações com a finalidade de avaliar seu efeito sobre a secagem. Para caracterização dos extratos foram realizadas análises de umidade, sólidos totais e sólidos solúveis. No pó obtido, foram realizadas análises de umidade, atividade de água e higroscopicidade. Não foram observadas diferenças significativas nas características dos pós que se mostraram não higroscópicos, com baixa umidade e atividade de água inferior a 0,6. Quanto ao aspecto, apresentaram textura leve e aveludada, sugerindo posterior aplicação em um blush. No presente trabalho, também foi estudado o pré-tratamento do extrato de beterraba por fermentação anaeróbia, com a finalidade de concentrar os bioativos e minimizar os efeitos da elevada concentração de açúcares presentes na beterraba sobre a secagem em leito de jorro. No entanto, não foi possível realizar a secagem do extrato fermentado. Todavia, os resultados obtidos a partir da secagem dos extratos não fermentados no leito de jorro e da polpa pelo processo foam-mat já indicam o potencial dos produtos em pó para possível aplicação em diferentes tipos de cosméticos.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEngenharia Químicapt_BR
dc.publisher.initialsUFRNpt_BR
dc.subject.cnpqEngenhariaspt_BR
dc.contributor.referees3Nogueira, Lídia Paloma da Silva-
Appears in Collections:Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EstudodaProducao_Paiva_2020.pdfMonografia1.35 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.