Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10704
Title: Motivações relativas ao ato de embargo de monografias na Biblioteca Digital de Monografias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Authors: Silva, Bruna Rafaelly Lima da
Keywords: Embargo;Embargo de publicação;Ciência aberta;Produção acadêmica;Comunicação científica;Autoarquivamento;Trabalho de conclusão de curso;Universidade Federal do Rio Grande do Norte;Publication embargo;Open science;Academic production;Scholarly communication;Self-archiving
Issue Date: 27-Jul-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Bruna Rafaelly Lima da. Motivações relativas ao ato de embargo de monografias na Biblioteca Digital de Monografias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. 2020. 111f. Monografia (Graduação em Biblioteconomia) – Departamento de Ciências da Informação, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2020.
Portuguese Abstract: Apresenta discussão referente aos movimentos favoráveis a divulgação científica e aos avanços tecnológicos que contribuem estruturalmente para a nova dinâmica produtiva de compartilhamento de conhecimento. Destaca a ciência aberta como modelo para nova conduta acadêmico-científica, uma vez que expande o desenvolvimento de ferramentas de pesquisa, de partilhas e de acessos democraticamente. Em oposição, aponta o embargo de publicação como agente de restrição à disponibilização livre desses conteúdos. Dessa maneira, a presente pesquisa objetiva indicar as motivações dos egressos de graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) ao optarem pelo embargo de suas pesquisas na Biblioteca Digital de Monografias (BDM) no ato da submissão quando ainda formandos da instituição. Quanto ao percurso metodológico, inicia com uma pesquisa bibliográfica e exploratória com abordagem qualitativa e quantitativa. Foram aplicados questionários eletrônicos semiestruturados. Os dados coletados foram analisados por meio de método estatístico-descritivo bem como análise de conteúdo. As análises sugerem que as percepções acerca da ciência aberta estão aquém do esperado e não atingem a maior parte do alunado. Eles demonstram, na sua grande maioria, concordância com práticas abertas, mas paradoxalmente realizam práticas de embargo de suas pesquisas. Outros resultados indicam que 48% dos respondentes desconheciam a possibilidade do embargo de publicação, 67% considera o depósito na BDM relevante e 81% veem o acesso aberto como forma de atingir maior impacto da publicação. Quanto às motivações relacionadas ao embargo, pelo menos 7 (sete) intencionalidades foram apontadas: posterior publicação (38%); orientação docente (29%); experiência e/ou curiosidade (9%); exposição do estudo (9%); desejo individual e/ou propriedade intelectual (5%); insatisfação com o trabalho (5%); desconhecimento do embargo (5%). Portanto, pode-se inferir que publicar trabalhos posteriormente e preservar conteúdos visando o ineditismo é a principal justificativa dos estudantes.
Abstract: This work deals with issues regarding scholarly communication, technological advances that contribute structurally to the new productive dynamics, and the practices of knowledge dissemination. It highlights open science as a model for new academic-scientific conduct, as it expands the development of research tools, sharing knowledge. In opposition, it points to the publication embargo as an agent that restricts free availability knowledge. In this way, it aims to point out on behalf of Federal University of Rio Grande do Norte undergraduates, motivations for research embargo at the Digital Library of Monographs (BDM) at the time of submission when still graduating from the institution. As for the methodological approach, it begins with a bibliographic and exploratory research with a qualitative and quantitative method. Semi-structured electronic questionnaires were applied. Data collected was analyzed by means of statistical-descriptive analysis as well as content analysis. The analysis suggest that perceptions about open science are below expectations and do not reach the majority of students. They demonstrate, for the most part, agreement with open practices, but paradoxically they perform embargo practices for their research. Other results indicate that 48% of the respondents were unaware of the possibility of a publication embargo, 67% considered the deposit at BDM to be relevant and 81% saw open access as a way to achieve greater impact of the publication. As for the reasons related to the embargo, at least 7 (seven) intentions were pointed out: subsequent publication (38%); teacher guidance (29%); experience and / or curiosity (9%); study exposure (9%); individual desire and / or intellectual property (5%); dissatisfaction with work (5%); ignorance of the embargo (5%). Therefore, it can be inferred that publishing works later and preserving contents aiming at the novelty is the main justification of the students.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10704
Other Identifiers: 20150108212
Appears in Collections:Biblioteconomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MotivacoesEmbargoBDM_Silva_2020.pdf2.73 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.