Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10687
Title: Desenvolvimento de nanopartícula híbrida funcionalizada com BSA para potencial uso no tratamento alternativo a resistência a múltiplas drogas (MDR)
Authors: Gomes, Daniele Cavalcante
Keywords: Nanopartícula híbrida;BSA;Câncer;MDR
Issue Date: 24-Jul-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: GOMES, Daniele Cavalcante. Desenvolvimento de nanopartícula híbrida funcionalizada com BSA para potencial uso no tratamento alternativo a resistência a múltiplas drogas (MDR). 2020. 55 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Departamento de Farmácia, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2020
Portuguese Abstract: O câncer é uma das doenças que mais causam morte no mundo e um dos principais fatores relacionados a falha terapêutica é o desenvolvimento de resistência molecular à antineoplásicos. Diante disso e para proporcionar efetividade no tratamento, a nanotecnologia pode ser uma estratégia promissora para melhorar a performance do medicamento permitindo maior seletividade no local de ação e uma alternativa a resistência a múltiplas drogas (MDR). O objetivo do estudo foi obter e caracterizar nanopartículas híbridas funcionalizadas com BSA (Albumina Sérica Bovina) para potencial uso no tratamento alternativo a Resistência a Múltiplas Drogas (MDR). Nanopartículas menores que 200 nm de poli (ácido láctico-co-glicólico) (PLGA) e Colesterol foram produzidas e funcionalizadas com BSA usando o método de nanoprecipitação. O desenvolvimento da formulação e parâmetros de obtenção foram otimizados por medidas de tamanho médio de partícula, índice de polidispersão, potencial zeta, pH, espectroscopia de absorção na região do infravermelho com transformada de fourier (FTIR-ATR), eficiência de incorporação e estudos in vitro. Foram obtidas partículas de tamanho reduzido (100-200 nm) e com eficiência de associação de proteína de aproximadamente 95%. A alta eficiência de associação da proteína e os resultados do potencial zeta demonstraram que o BSA foi adsorvido na superfície da partícula, permanecendo como uma dispersão coloidal estável durante 6 semanas. Os testes in vitro da atividade hemolítica e com a linhagem celular 3T3 e RAW demonstraram que o sistema é viável com a funcionalização de BSA. Sendo assim, as nanopartículas funcionalizadas com BSA foram desenvolvidas com sucesso, tornando-se uma carreador promissor para vinculação de moléculas bioativas e ser uma alternativa a resistência a múltiplas drogas.
Abstract: Cancer is one of the most deadly diseases in the world and one of the main factors related to therapeutic failure is the development of molecular resistance to antineoplastic agents. In view of this and to provide effectiveness in the treatment, nanotechnology can be a promising strategy to improve the performance of the drug, allowing greater selectivity at the site of action and an alternative to resistance to multiple drugs (MDR). The aim of the study was to obtain and characterize hybrid nanoparticles functionalized with BSA (Serum Bovine Albumin) for potential use in the alternative treatment to Multiple Drug Resistance (MDR). Nanoparticles smaller than 200 nm of poly (lactic-co-glycolic acid) (PLGA) and Cholesterol were produced and functionalized with BSA using the nanoprecipitation technique. The development of the formulation and obtaining parameters were optimized by measurements of average particle size, polydispersion index, zeta potential, pH, absorption spectroscopy in the infrared region with fourier transform (FTIR-ATR), incorporation efficiency and studies in vitro. Particles of reduced size (100-200 nm) and with a protein association efficiency of approximately 95% were obtained. The high efficiency of association of the protein and the results of the zeta potential demonstrated that the BSA was adsorbed on the surface of the particle, remaining as a stable colloidal dispersion for 6 weeks. In vitro tests of hemolytic activity and with the 3T3 and RAW cell line demonstrated that the system is viable with BSA functionalization. Therefore, nanoparticles functionalized with BSA have been successfully developed, becoming a promising carrier for binding bioactive molecules and being an alternative to resistance to multiple drugs.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10687
Other Identifiers: 2016085808
Appears in Collections:Farmácia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Desenvolvimentodenanopartículahíbrida_Cavalcante_2020Texto Completo1.84 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons