Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10674
Title: As Helenas de Manoel Carlos: uma leitura sobre o personagem de Taís Araújo
Authors: Silva, Francisco Ewerton Aleixo da
Keywords: telenovela;racismo;Viver A Vida;protagonista negra;soap opera;racism
Issue Date: 2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Francisco Ewerton Aleixo da. As Helenas de Manoel Carlos: uma leitura sobre o personagem de Taís Araújo. 2020. 74f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação Social) - Departamento de Comunicação Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2020.
Portuguese Abstract: O presente trabalho aborda e reflete sobre o racismo estrutural presente nas obras do autor de novelas Manoel Carlos, baseando-se na telenovela Viver A Vida (2009) que teve a atriz Taís Araújo como a primeira protagonista negra a interpretar um papel dessa magnitude na faixa do horário nobre da Rede Globo. Teremos como principal base a cena do capítulo 55, quando Helena, uma mulher negra, ajoelhada, leva um tapa no rosto de Tereza (Lília Cabral), uma mulher branca, em plena semana do Dia da Consciência Negra, indicando a naturalização do racismo estrutural que sempre esteve presente no Brasil e como esse panorama repercutiu no país, trazendo às pessoas a necessidade de mudança e do fim do preconceito racial na televisão.
Abstract: The following work addresses and reflects the structural racism present in the works of the novelist author Manoel Carlos, based on the soap opera Viver A Vida (2009) which had the actress Taís Araújo as the first black protagonist to interpret a role of this magnitude in the band the prime time of Rede Globo. We will have as main basis the scene of chapter 55, when Helena, a black woman, kneeling, is slapped in the face of Tereza (Lília Cabral), a white woman, in the middle of Dia da Consciência Negra, indicating the naturalization of scructural racism that always was present in Brazil and how this panorama had repercussions in the country, bringing to people the need for change and an end to racial prejudice on TV.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10674
Other Identifiers: 20150147201
Appears in Collections:Comunicação Social - Audiovisual

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AsHelenasdeManoelCarlos_Silva_2020Monografia1,44 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.