Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10614
Title: Eficácia, segurança e aceitabilidade no tratamento do abortamento incompleto: revisão sistemática da literatura
Other Titles: Efficacy, safety and acceptability in the treatment of incomplete abortion: systematic review and meta-analysis
Authors: Melo, Isaias Chung de
Keywords: abortamento, tratamento, segurança, eficácia, misoprostol;abortion, treatment, safety, effectiveness, misoprostol.
Issue Date: 19-Nov-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MELO, Isaias Chung de. Eficácia, segurança e aceitabilidade no tratamento do abortamento incompleto: revisão sistemática da literatura. 2018. 15 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, 2018
Portuguese Abstract: O abortamento é a interrupção espontânea ou induzida da gravidez antes que o feto seja viável, constituindo-se em causa de morbimortalidade materna e importante problema de saúde pública, principalmente em países subdesenvolvidos. Objetivo: Avaliar a eficácia, segurança e aceitabilidade dos tratamentos disponíveis para o abortamento incompleto até 12 semanas preconizados pelo Ministério da Saúde. Metodologia: foi realizada uma revisão sistemática de ensaios clínicos randomizados. Na análise foram incluídos estudos avaliando a eficácia, aceitabilidade e seguranças das modalidades de tratamento disponíveis para o abortamento incompleto. Foram considerados os seguintes desfechos: eficácia (mensurada pela ausência de intervenção cirúrgica adicional após o procedimento); segurança (mensurada pela presença de eventos adversos: internação, transfusão sanguínea ou morte) e aceitabilidade (mensurada pela satisfação geral das mulheres com o serviço fornecido pelo profissional da saúde). Uma estratégia de busca foi desenvolvida utilizando os seguintes descritores e suas combinações: “abortamento incompleto”, “misoprostol”, “aspiração manual intrauterina”, “curetagem”, “ensaio clínico randomizado”. As bases de dados PubMed, Scielo, Lilacs, MEDLINE, Cochrane e ClinicalTrials.gov foram pesquisadas desde janeiro de 2003 a setembro de 2018. Resultados: Após pesquisa nas principais bases de dados, 2549 artigos foram identificados, 2534 foram excluídos: 348 duplicados em mais de uma base de dados, 1998 após leitura do título e 186 depois da leitura do resumo. 17 estudos foram analisados integralmente. Após análise completa, apenas 15 foram considerados metodologicamente qualificados e foram aprovados para extração dos dados. Conclusão: Dentre os procedimentos disponíveis para o tratamento do abortamento incompleto, o tratamento medicamentoso com o misoprostol revela-se como alternativa viável à utilização de técnicas cirúrgicas como AMIU e curetagem, especialmente em ambientes com poucos recursos.
Abstract: Abortion is defined as spontaneous or induced termination of pregnancy before fetal viability that can increase maternal morbidity and mortality, especially in low resource countries. Objectives: to evaluate effectiveness, safety and acceptability of treatments available to incomplete abortion up to 12 weeks (clinical or surgical). Methodology: Systematic review of randomized clinical trials. We selected studies that assessed effectiveness, acceptability and safety of treatments available to incomplete abortion. We considered the following outcomes: effectiveness (measured by absence of surgical intervention after the procedure); safety (measured by the presence of adverse events: hospitalization, blood transfusion or death) and acceptability (measured by general satisfaction of women regarding the service provided by the health professional). A systematic review of literature was performed from PubMed, Scielo, Lilacs, MEDLINE, Cochrane and ClinicalTrials.gov database using the following keywords and their combinations: “misoprostol”, “intrauterine manual aspiration”, “curettage”, “randomized clinical trial”. Only abstracts or articles published from January 2003 to October 2018 were considered. Results: The search resulted in 2549 articles. 2534 were excluded: 348 duplicated articles (articles that were found in more than one database), 1998 after title reading, 186 after abstract reading. 25 needed full text analysis. After title, abstract and full text analysis 15 articles were included in this review. Conclusion: The clinical treatment using misoprostol is a viable alternative to surgical procedures in the treatment of incomplete abortion, especially in low resource countries.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10614
Other Identifiers: 2015076608
Appears in Collections:Medicina

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Eficáciasegurançaeaceitabilidadenotratamento_Melo_2018Texto Completo356.28 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.