Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10474
Title: Três décadas de estudos sobre a tartaruga-de-pente, Eretmochelys imbricata, no litoral brasileiro
Authors: Santos, Luan Caio Pereira dos
Keywords: Espécie ameaçada;Endangered species;Revisão;Review;Tartaruga de pente;Hawksbill;Tartaruga marinha;Sea turtle
Issue Date: 12-Dec-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SANTOS, Luan Caio Pereira dos. Três décadas de estudos sobre a tartaruga-de-pente, Eretmochelys imbricata, no litoral brasileiro. 2019. 39 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ecologia) – Centro de Biociências. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2019.
Portuguese Abstract: Cinco espécies de tartarugas marinhas ocorrem na costa brasileira. Essas espécies são consideradas ameaçadas localmente, segundo o Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção, e também mundialmente, segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza. Entre essas cinco espécies, a tartaruga de pente (Eretmochelys imbricata) é aquela com maior grau de ameaça, categorizada como criticamente ameaçada. No passado suas principais ameaças foram o abate para comercialização do casco e coleta de ovos para consumo. Atualmente, os principais fatores pelo declínio da população são a pesca incidental, ingestão de resíduos, foto-poluição, destruição de habitat de nidificação. O objetivo desse trabalho foi realizar uma revisão sistemática da literatura publicada sobre Eretmochelys imbricata em que o Brasil foi a área de estudo e quantificar os esforços de pesquisa ao longo do tempo, do espaço e temas de estudo. No período de três décadas, entre 1990 e 2018, coletamos informações de 66 artigos. Existe um crescimento gradual de publicações ao longo do tempo. A primeira década concentrando 6,1% destes artigos, a segunda 27,8% e a última 66,6%. Os artigos foram publicados em 32 periódicos distintos, tendo destaque o Marine Turtle Newsletter com o maior número de publicações. Dos oito temas gerais abordados nos artigos, ecologia foi o mais estudado, em 37,3% dos artigos, com maior ênfase desses no tema específico biologia reprodutiva. O segundo tema mais estudado foi ameaças abrangendo 16,0% dos artigos, com os temas específicos mais recorrentes ingestão de resíduos e interações com pesca. Os estudos abrangeram quase toda a costa brasileira (15 estados). A Bahia, foi o estado com o maior número de estudos, seguido por Pernambuco e Rio Grande do Norte. A maioria dos artigos tiveram seus estudos limitados a um município, com destaque para Camaçari e Mata de São João (BA). Tibau do Sul (RN) foi o terceiro município com maior número de artigos. Entre as ilhas, Fernando de Noronha teve um maior número de artigos publicados.
Abstract: Five species of sea turtles occur in the Brazilian coast. These species are globally threatened according to the International Union for Conservation of Nature, but alsolocally threatened according to the Livro Vermelho da Fauna Brasileira. Among these five species, the hawksbill turtle (Eretmochelys imbricata) is the most threatened, categorized as critically endangered. Historically, the main threats to this species have been the shell trade, egg collection and female harvesting for human consumption. Currently, the main factors responsible for population decline are incidental catch in fishing, entanglement and ingestion of marine debris, photo-pollution and destruction of nesting habitats. The objective of this work was to perform a systematic review of the published literature on Eretmochelys imbricata in Brazil and to quantify research efforts over time, space and study topics. During three decades, between 1990 and 2018, we collected information from 66 articles. We found a gradual growth of publications over time, with the first decade gathering 6% of the articles, the second 28% and the last one gathered 67%. The articles were published in 32 different journals, but most articles were published in the journal Marine Turtle Newsletter. Among the eight general topics addressed in the articles, ecology was the most studied with 37% of the articles, with greater emphasis in the specific topic reproductive biology. The second most studied topic was threats, in 16% of the articles, with the most recurrent specific topic being debris ingestion and fishing interactions. The studies covered almost the entire Brazilian coast (15 states). Bahia was the state with the largest number of studies, followed by Pernambuco and Rio Grande do Norte. Most articles had their study areas limited to one municipality, especially Camaçari and Mata de São João (BA). Tibau do Sul (RN) was the third municipality with the largest number of articles. Among the islands, Fernando de Noronha had the largest number of published articles.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10474
Other Identifiers: 2011000684
Appears in Collections:Ecologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tccfinal 20200207.pdf1.37 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons