Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10414
Title: O Transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) e suas repercussões no processo de ensino-aprendizagem
Authors: Fernandes, Ângela Rayane Rodrigues.
Keywords: Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC);Obsessive-Compulsive Disorder (OCD);Aprendizagem;Learning;Formação docente;Teacher´s formation
Issue Date: 6-Dec-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FERNANDES, Ângela Rayane Rodrigues. O Transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) e suas repercussões no processo de ensino-aprendizagem. 2019. 36 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: O presente trabalho consiste em um estudo teórico, de caráter exploratório e natureza qualitativa, que objetiva conhecer o Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC) e suas repercussões no processo de ensino e aprendizagem de crianças e adolescentes, assim como apresentar sugestões de intervenções pedagógicas visando uma maior qualificação nesse processo. Para tanto, adota como procedimento metodológico a pesquisa bibliográfica a fim de contextualizar o transtorno, suas principais características e sintomatologia, assim como também descrever as repercussões nas vivências de indivíduos em fase escolar, traçando um panorama de suas implicações nas esferas familiar, social e acadêmica. Além disso, discute algumas possibilidades de intervenção pedagógica direcionados para os estudantes que apresentam esse transtorno, bem como alerta para a necessidade de pensar readequações curriculares que considerem a interface educação e saúde mental. Tal estudo revelou que o TOC é um transtorno que normalmente compromete o funcionamento mental da pessoa, trazendo obstáculos desenvolvimentais e de aprendizagem, os quais perpassam principalmente a atenção e concentração, os processos de socialização e interação, e o estabelecimento de relações afetivas. A partir da pesquisa também foi possível concluir que a parceria conjunta entre familiares, escola e profissionais de saúde, assim como também uma abordagem didático-pedagógica que trabalhe elementos socioemocionais, pode contribuir para favorecer o processo de ensino e aprendizagem de crianças e adolescentes diagnosticadas com TOC.
Abstract: This essay is about a theoretical study that features exploratory-quality research that aims to know the obsessive-compulsive disorder (OCD) and how it affects on teaching-learning of children and teenagers, as well as suggesting pedagogical interventions looking for a better qualification during the process. To do so, it adopts bibliographic research as a methodological procedure trying to contextualize the disorder, its main characteristics and symptoms as well as it describes the impacts on these individual´s lives in scholar age. Beyond that, it discusses some pedagogical interventions possibilities towards these students displaying such disorder and claims attention to the fact that it´s necessary to make some changes to the curriculum that includes education and health interface. This essay has shown that OCD is a disorder that normally affects a person´s mental function, bringing development and learning challenges which go from attention and concentration, socialization and interaction process, to creating relationships. From that research, it was also possible to conclude that the association between family, school and health professionals as well as an affectionate pedagogic-didactic approach may contribute to making children with the OCD teaching-learning process easier.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10414
Other Identifiers: 2016061305
Appears in Collections:Pedagogia (Presencial)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
OTranstornoobsessivo-compulsivo(TOC)_FERNANDES_2019.pdf533.6 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons