Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10396
Title: Dieta de gatos domésticos semi e não-domiciliados em um fragmento urbano de Floresta Atlântica no Nordeste do Brasil
Authors: SILVA, Valeska Sophia de Andrade e
Keywords: Felis catus;Felis catus;Tricologia;Trichology;Amostras Fecais;Fecal samples;Predação;Predation;Floresta Tropical Úmida;Atlantic Rain Forest;Rio Grande do Norte
Issue Date: 14-Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Valeska Sophia de Andrade e. Dieta de gatos domésticos semi e não-domiciliados em um fragmento urbano de Floresta Atlântica no Nordeste do Brasil. 2019. 37 f. Monografia (Graduação em Ecologia) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: O Gato doméstico (Felis catus), foco desta pesquisa, é um animal que se distribui amplamente pelo globo. Na maioria das localidades representa uma espécie exótica e invasora que se adapta muito bem a uma variada gama de condições. Desse modo, pode atuar como forte predador e por vezes gerar desequilíbrio em populações de fauna nativa. Assim, objetiva-se neste trabalho caracterizar a dieta de um grupo de Felis catus com animais semi e não domiciliados para averiguar seu potencial impacto sobre pequenos vertebrados e invertebrados em um fragmento urbano de Mata Atlântica, localizado no campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Nordeste do Brasil. Foram contabilizados 105 felinos na área, sendo a maioria macho (64 indivíduos), incluindo residentes e visitantes. A caracterização da dieta ocorreu por meio da análise de vestígios de presas encontradas em 70 amostras fecais, coletadas entre janeiro e março de 2017. Os pelos, principal vestígio utilizado nesse processo para a identificação de mamíferos, foram submetidos à metodologia amplamente aceita na literatura, proposta por Quadros e Monteiro-Filho (2006), que permite identificar espécies através da observação de padrões de cutícula e medula. Outros vestígios importantes para outros táxons, como escamas, unhas, e exoesqueletos foram comparados com coleção científica e identificados por especialistas sempre que possível. Foram calculadas as frequências e porcentagens de ocorrência de todos os itens. Observou-se que 83% das amostras escatológicas apresentaram algum vestígio de predação, o que sugere forte hábito de predação nesse grupo de F. catus. Os mamíferos foram a classe-presa mais consumida por esses felinos, sendo Didelphis albiventris Lund. a presa mais abundantemente encontrada. Os resultados da presente pesquisa contribuem para diminuir a escassez de dados no que se refere aos impactos de carnívoros introduzidos em fragmentos de mata urbanos neotropicais e demonstram a necessidade de práticas de controle populacional e diminuir a taxa de abandono, que é o fator decisivo para presença de populações de F. catus em ambientes naturais.
Abstract: The domestic cat (Felis catus) are widely distributed around the the world. In most locations, it represents an exotic and invasive species that adapts very well to a range of conditions. In this way, it can act as a strong predator and sometimes generate imbalance in populations of native fauna. The objective of this work was to characterize a diet of a group of free-ranging and semi-domestic felines to find out the impact they exert over small vertabrates and invertebrates on a fragment of Atlantic Rain Forest located at campus of the Federal University of Rio Grande do Norte, in Rio Grande do Norte, Northeast of Brazil. In that area 105 felines were registered, most of them male (64 individuals), including residents and visitors. The characterization of the diet was carried out by analyzing traces of prey in 70 feces samples, collected between January and March 2017. The hair samples, the most important trace to identifier small mammals, were submitted to the technique proposed by Quadros and Monteiro-Filho (2006), which allows the identification of species through observation of cuticle and marrow patterns. Other important traces to other taxons, such as scales, nails, and exoskeletons were identified using the scientific collection or by experts, whenever possible. The frequencies and percentages of occurrence of all items were calculated. It was observed that 83% of the samples had some trace of predation, indicating a strong predatory habit in this group of felines. The mammals were most consumed taxonomic group, being the hair of Didelphis albiventris Lund the most abundant trace. The results of the presente research contribute to reduce the scarcity of data concerning to the impacts of the introdution of exotic carnivores on urban fragments neotropical environments and demonstrate the need to adopt populations control techniques to also to decrease the abandoment rate, which is the decisive fator for the presense of F. catus populations in natural environmets.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10396
Other Identifiers: 2012935217
Appears in Collections:Ecologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dietadegatosdoméstios_Silva_2018.pdf1,5 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons