Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10386
Title: Análise gravimétrica dos resíduos domiciliares de unidades habitacionais de pequeno porte na cidade de Natal - RN.
Authors: Borges,Lorena Soares Monteiro
Keywords: Análise de resíduos;Waste analysis;Gestão de RSU;Consumo consciente;USW Management;;Conscious consumption
Issue Date: 14-Jan-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: BORGES, Lorena Soares Monteiro. Análise gravimétrica dos resíduos domiciliares de unidades habitacionais de pequeno porte na cidade de Natal - RN. 2019. 57 f. TCC (Graduação) - Curso de Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2020.
Portuguese Abstract: O acelerado processo de transformação pela qual passa a sociedade contemporânea apresenta consequências ambientais significativas que expõem dois relevantes problemas: a enorme quantidade de resíduos gerados e a sua composição. A sociedade deixou de consumir prioritariamente produtos orgânicos e passou a consumir produtos industrializados, que retiram da natureza a matéria prima, e levam demasiado tempo para se decompor gerando grande volumes de resíduos. Vidro, plástico, metais, borracha, papéis e outros materiais acumulados e erroneamente dispostos no ambiente evidenciam um consumo exagerado, a cultura do desperdício, do mau uso dos recursos naturais e da falsa certeza de que esses recursos são infindáveis. Conhecer os resíduos produzidos e reconhecer seu mau uso pode ser o inicio de uma mudança cultural positiva no tratamento de resíduos para otimização do uso de materiais processados e de recursos naturais, proporcionando economia e melhor condição do ambiente em que vivemos. Este trabalho tem por objetivo analisar os resíduos gerados em um condomínio residencial de Natal-RN e propor melhorias para o gerenciamento adequado dos resíduos sólidos e para o consumo consciente dos moradores a fim de se alcançar um ambiente sadio e responsável Do ponto de vista da geração de resíduos. Para tal, os resíduos gerados em um dos blocos do Condomínio Residencial Bairro Latino na referida cidade, foi integralmente analisado por duas semanas. O estudo evidenciou que 71,35% do resíduo gerado é orgânico, seguido dos resíduos não recicláveis com 11,05% e dos plásticos com 7,95% do total coletado. A elevada porcentagem de resíduos orgânicos aponta que os moradores não fazem uso consciente dos alimentos e que esses resíduos poderiam ser melhor aproveitados reduzindo este volume. Outro fator relevante é que do percentual de plásticos flexíveis, 63% são provenientes das sacolas de supermercado e os outros 37% são embalagens plásticas de produtos industrializados, principalmente alimentos. Diante destes resultados percebe-se que os resíduos gerados poderiam ter um volume bem inferior caso os produtos fossem utilizados responsavelmente em sua totalidade. A ausência de informação e comprometimento com ações de gestão de resíduos diminuem as chances dos materiais serem destinados à reciclagem, uma vez que tem sua integridade comprometida no despejo impedindo que em sua condição seja reciclado. Dessa forma é importante a orientação e incentivo aos moradores para que eles venham contribuir para um ambiente residencial mais sustentável a fim de ter retorno não somente ambiental, mas financeiro no seu modo de vida de consumo.
Abstract: The accelerated transformation process that contemporary society goes through has significant environmental consequences that expose two relevant problems: the huge amount of waste generated and its composition. Society has decreased consumptio organic products as a matter of priority and has started to consume industrialized products, which take raw materials from nature and take too long to decompose, generating large volumes of waste. Glass, plastic, metals, rubber, paper and other materials accumulated and mistakenly disposed of in the environment show an exaggerated consumption, the culture of waste, the misuse of natural resources and the false certainty that these resources are endless. Knowing the waste produced and recognizing its misuse can be the beginning of a positive cultural change in waste treatment to optimize the use of processed materials and natural resources, providing savings and better condition of the environment in which we live. This study aims to analyze the waste generated in a residential condominium in Natal-RN and propose improvements for the proper management of solid waste and conscious consumption of residents in order to achieve a healthy and responsible environment, from the point of view of waste generation. Therefore, the waste generated in one of the blocks of the Bairro Latino Residential Condominium, in Natal, was fully analyzed for two weeks. The study showed that 71.35% of the waste generated is organic, followed by non-recyclable waste with 11.05% and plastics with 7.95% of the total collected. The high percentage of organic waste indicates that residents do not make conscious use of food and that this waste could be better utilized by reducing this volume. Another relevant factor is that of the percentage of flexible plastics, 63% come from grocery bags and the other 37% are plastic packaging of processed products, especially food. Thus it is clear that the waste generated could have a much smaller volume, if the products were used responsibly in their entirety. The lack of information and commitment to waste management actions reduce the chances of materials being recycled, since their integrity is compromised in the disposal, preventing in its recycling. Therefore, it is important to guide and encourage residents to contribute to a more sustainable residential environment in order to have not only environmental but also financial return on their consumer lifestyle.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10386
Other Identifiers: 20190001490
Appears in Collections:Engenharia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC2_LORENA_corrigida com ficha.pdf2.53 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.