Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10379
Title: Efeitos socioculturais da prática do futebol para alunas do Programa Segundo Tempo Forças no Esporte
Other Titles: Sociocultural effects of soccer practice for Second Time Forces in Sport Program students
Authors: Souza, Jéssica Natália de
Keywords: Programa Segundo Tempo;Futebol Feminino;Efeitos socioculturais
Issue Date: 27-Nov-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SOUZA, Jéssica Natália de. Efeitos socioculturais da prática do futebol para alunas do Programa Segundo Tempo Forças no Esporte. 2019. 49 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Departamento de Educação Física, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Este estudo tem por objetivo refletir sobre os efeitos socioculturais da prática do futebol para as meninas participantes do Programa Segundo Tempo Forças no Esporte (PROFESP), através da análise das respostas do questionário aplicado e entrevista em grupo focal realizada com as alunas. Ao todo, 6 (seis) meninas, com faixa etária entre 13 (treze) e 18 (dezoito) anos, que estão no programa há pelo menos 2 (dois) anos, participaram da pesquisa. Metodologicamente, trata-se de uma pesquisa descritiva de abordagem qualitativa. Como resultados, foi visto que o futebol é um fenômeno sociocultural de grande influência na vida das alunas, capaz de provocar mudanças significativas no que diz respeito aos seus vínculos sociais, aos locais frequentados por elas e na relação das mesmas com seus familiares, assim como também foram identificados discursos de preconceitos que permeiam a prática do futebol pelas garotas.
Abstract: This study aims to reflect on the sociocultural effects of soccer practice for girls who participates in the Second Time Forces in Sports Program (PROFESP), by analyzing the questionnaire and interview's answers with the students. In this research, there were 6 (six) participants, all girls, aged between 13 (thirteen) and 18 (eighteen) years, old who have been in the program for at least 2 (two) years. Methodologically, it is a descriptive research with a qualitative approach. As a result, it was seen that soccer is a sociocultural phenomenon of great influence on the students' lives, capable of causing significant changes regarding their social ties, the places they frequent and their relationship with their families, as well as prejudice discourses that permeate girls' soccer practice were also identified.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10379
Other Identifiers: 2016084800
Appears in Collections:Educação Física (licenciatura)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Efeitossocioculturaispráticafutebol_Souza_2019.pdfTrabalho Completo1.15 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons