Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10373
Title: O castigo físico na infância: a perspectiva das mães do município de Currais Novos-RN
Other Titles: The physical punishment in childhood: the perspective of the mothers of Currais Novos-RN
Authors: Bezerra, Beatriz Dantas Gomes
Keywords: Criança;Infância;Família;Violência;Saúde;Child;Childhood;Family;Violence;Cheers
Issue Date: 11-Dec-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: BEZERRA, Beatriz Dantas Gomes. O castigo físico na infância: a perspectiva das mães do município de Currais Novos-RN. Orientadora: Gláucia Helena Araújo Russo. 2019. 26 f. Monografia (Especialização) - Curso de Residência Multiprofissional em Atenção Básica, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Currais Novos, 2019
Portuguese Abstract: Este artigo traz considerações sobre a utilização do castigo físico na educação de crianças por meio da percepção das mães participantes das consultas de crescimento e desenvolvimento da Unidade Básica de Saúde Enfermeira Maria das Dores. Com base em aportes teóricos e subsidiado por uma pesquisa de campo, que utilizou a técnica de Grupo focal, este estudo tem como objetivo apreender a percepção das participantes da pesquisa sobre a vivência dos castigos físicos na sua infância; identificar a opinião das participantes sobre o uso castigo físico no processo educativo de seus filhos e discutir sobre a importância da política de saúde na prevenção da violência física, especialmente o castigo físico. Os resultados indicaram que, embora tenhamos avançado na legislação, uma vez que a utilização do castigo físico atualmente é coibida nas leis que regem o direito das crianças e adolescentes, as questões culturais e a vivência deste método no processo educativo na infância, ainda seguem sendo utilizados como argumento para o seu emprego na atualidade.
Abstract: This article discusses the use of physical punishment in the education of children through the perception of mothers participating in growth and development consultations (CD) of the Basic Health Unit Nurse Maria das Dores. Based on theoretical contributions and subsidized by a field research, which used a focus group approach, the text seeks to apprehend the perception of the research participants about the experience of physical punishment in their childhood and about the use of physical punishment in their children's educational process. children, in addition also discusses the importance of health policy in preventing and combating physical violence, especially physical punishment. The results indicated that, although we have advanced in the literature and legislation, since the use of physical punishment is currently restricted in the legal frameworks governing the rights of children and adolescents, the cultural issues and the experience of this method in the educational process in Brazil. childhood, are still being used as an argument for their use today.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10373
Other Identifiers: 20184001037
Appears in Collections:Residência Multiprofissional em Atenção Básica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
O CASTIGO FÍSICO NA INFÂNCIA_ BEZERRA_2019.pdf
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.accessRestricted???
315.65 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons