Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10340
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPereira, Márcia Rodrigues-
dc.contributor.authorCruz, Pedro Ítalo da-
dc.date.accessioned2019-12-30T11:23:59Z-
dc.date.available2019-12-30T11:23:59Z-
dc.date.issued2019-12-04-
dc.identifier20160138171pt_BR
dc.identifier.citationCRUZ, Pedro Ítalo da. Obtenção e caracterização de membranas de quitosana reticuladas com potencial para adsorção de tetraciclina. 2019. 55 f. Relatório de estágio (Graduação em Química Bacharelado) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Instituto de Química, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10340-
dc.description.abstractChitosan (CS), a chitin-derived biopolymer that is a widely distributed polymer in nature present in the crustacean exoskeleton, has been evaluated through the production of crosslinked and non-crosslinked membranes. Investigation of the adsorption capacity of sulfuric acid cross-linked and non-crosslinked chitosan membranes was investigated using the drug tetracycline. Adsorption studies were conducted at temperature of the 37 ° C and pH of the 6.8. For the preparation of chitosan membranes an experimental methodology was developed to improve the yield a is obtaining of crosslinked and non-crosslinked chitosan membranes. The drug tetracycline was used as a model in the adsorption study which was followed by reading on the UV-Vis spectrophotometer in 358 nm. The crosslinked and noncrosslinked membranes were characterized by infrared, X-ray diffraction and thermal analysis (DSC). Swelling index and crystallinity percentage measurements of CS membranes were also performed to evaluate the influence of sulfuric acid addition. DSC and XRD analysis showed that tetracycline was partially adsorbed to the membrane after 74 hours, reducing its concentration in the solution by up to 5 times the initial concentration in the pure CS membrane. Water sorption, evaluated by swelling index at pH 6.8, showed that sulfuric acid crosslinked membranes did not interfere with water sorption capacity when compared to pure CS membrane. The adsorption studies concluded that the pure CS membrane presented a higher capacity to adsorb tetracycline. Through comparative analysis between infrared spectra it was possible to confirm the incorporation of tetracycline, besides evaluating the influence of the crosslinking process.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortept_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectAdsorção. Polímero. Tetraciclina. Infravermelho. Difração de raio-X, análise térmica, UV-Vis.pt_BR
dc.subjectAdsorption. Polymer. Tetracycline. Infrared. X-ray diffraction. Thermal analysis. UV-Vis.pt_BR
dc.titleObtenção e caracterização de membranas de quitosana reticuladas com potencial para adsorção de tetraciclinapt_BR
dc.title.alternativeObtainment and characterization of crosslinked chitosan membranes with potential for tetracycline adsorptionpt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
dc.contributor.advisor-co1Letícia Streckpt_BR
dc.contributor.referees1Fonseca, José Luís Cardozo-
dc.contributor.referees2Wanderley Neto, Alcides de Oliveira-
dc.description.resumoA quitosana (CS), um biopolímero derivado da quitina que é um polímero amplamente distribuído na natureza presente no exoesqueleto de crustáceos, foi avaliada através da produção de membranas reticuladas e não reticuladas. A investigação da capacidade de adsorção das membranas de quitosana reticuladas com ácido sulfúrico e não reticuladas foi investigada utilizando o fármaco tetraciclina. Os estudos de adsorção foram conduzidos em temperatura de 37 °C e pH de 6,8. Para a preparação das membranas de quitosana foi desenvolvida uma metodologia experimental para melhorar o rendimento de obtenção das membranas de quitosana reticuladas e não reticuladas. O fármaco tetraciclina foi utilizado como modelo no estudo de adsorção que foram acompanhados por leitura no espectrofotômetro de UV-Vis em 358 nm. As membranas reticuladas e não reticuladas foram caracterizadas por infravermelho, difração de raio-X e análise térmica (DSC). Também foram realizadas medidas de índice de intumescimento e do percentual de cristalinidade das membranas CS a fim de avaliar a influência da adição de ácido sulfúrico. As análises de DSC e DRX mostraram que a tetraciclina foi parcialmente adsorvida pela membrana após 74 horas, reduzindo sua concentração na solução em até 5 vezes da concentração inicial na membrana CS pura. A sorção de água, avaliada pelo índice de intumescimento em pH 6,8, mostrou que as membranas reticuladas com ácido sulfúrico não interferiram na capacidade de sorção de água quando comparado com a membrana CS pura. Os estudos de adsorção permitiram concluir que a membrana CS pura apresentou uma maior capacidade em adsorver a tetraciclina. Através das análises comparativas entre os espectros de infravermelho foi possível confirmar a incorporação da tetraciclina, além de avaliar a influência do processo de reticulação.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentQuímicapt_BR
dc.publisher.initialsUFRNpt_BR
Appears in Collections:Química (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MembranasQuitosanaAdsorcaoTetraciclina_DACRUZ_2019.pdf1.06 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons