Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10319
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAzevedo, Carolina Virginia de Macêdo-
dc.contributor.authorSilva, Icemária Felipe-
dc.date.accessioned2019-12-23T15:44:49Z-
dc.date.available2019-12-23T15:44:49Z-
dc.date.issued2019-12-01-
dc.identifier2013509800pt_BR
dc.identifier.citationSILVA, Icemária Felipe. Hábitos de sono em crianças do ensino infantil: uma análise da escolaridade e classe econômica dos pais. 2019. 43 f. Monografia (Graduação em Ciências Biológicas) – Centro de Biociências. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10319-
dc.description.abstractSchool-aged children need good sleep habits to better learn. For a good night of sleep, rituals should be included on day-to-day basis, thus making it easier children’s understanding about bedtime. Parents are models to children, even about sleep. Thus, family routines will influence the development of good or bad sleep habits on children. Some studies show daytime sleepiness on kindergarten children and, in addition, some families with lower income and educational levels presents more sleep problems in their children. Therefore, this study aimed to evaluate relationships between sleep rituals before bedtime and temporal sleep patterns in school-aged children and the parental economical and educational levels. Participated of study, 32 children, aged 4 to 6 years old, studying in the afternoon shift in schools of Natal/RN. Data were collected from questionnaires answered by parents during the week and on weekends. Daytime sleepiness was assessed by asking the children how they were feeling during classes. The scale proposed by Maldonado et al. (2004) and adapted by Belísio (2014) was used. The parents reported to practice rituals before bedtime with their children in all economical and educational levels. The most reported sleep habits before bedtime were to drink milk, to go to the bathroom, to need a parent in the bedroom and to need an object to sleep. However, it was observed higher frequencies of sleeping with the lights on in lower economical (class C) and schooling (level 3) levels, when compared to the other levels. This behavior is characterized as a bad sleep habit, since it brings impairments to sleep. In relation to sleep-wake patterns, the greatest irregularity on time in bed, characterized by a smaller time in bed on weekend, was observed in higher economical level. From these results, we suggest that good sleep habits in school-aged children varies according to familial context they live in. We also suggest that future research evaluates if parents know the importance of sleep to their children healthy development.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortept_BR
dc.rightsCC0 1.0 Universal*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/publicdomain/zero/1.0/*
dc.subjectPadrões de sonopt_BR
dc.subjectSleep patternspt_BR
dc.subjectEnsino infantilpt_BR
dc.subjectKindergartenpt_BR
dc.subjectClasse econômicapt_BR
dc.subjectSocioeconomical levelspt_BR
dc.titleHábitos de sono em crianças do ensino infantil: uma análise da escolaridade e classe econômica dos paispt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
dc.contributor.advisor-co1Oliveira, Maria Luiza Cruz dept_BR
dc.contributor.referees1Souza, Jane Carla de-
dc.contributor.referees2Galina, Sabinne Danielle-
dc.description.resumoCrianças em idade escolar necessitam ter bons hábitos de sono, para ter melhor desempenho no aprendizado. Para uma boa noite de sono, alguns rituais devem ser inseridos na rotina da criança, para facilitar o entendimento sobre a hora de dormir. Os pais são o exemplo que as crianças seguem, inclusive com relação ao sono, pois as rotinas familiares influenciarão para que as crianças tenham ou não bons hábitos de sono. Foi relatado que crianças no ensino infantil, podem apresentar sonolência diurna, e, além disso, algumas famílias de classe econômica e escolaridade mais baixa apresentam maiores problemas no sono das crianças. Por isso, este trabalho teve como objetivo avaliar a relação entre os rituais antes de dormir e padrões temporais de sono de crianças da educação infantil com o nível econômico e de escolaridade dos pais. Participaram da pesquisa 32 crianças entre 4 e 6 anos de idade, que estudavam no turno da tarde em escolas de Natal/RN. Os dados foram coletados a partir de questionários, que foram preenchidos pelos pais durante a semana e o fim de semana. A sonolência diurna foi avaliada por meio de pergunta direcionada à criança sobre como estava se sentido no momento da aula, tomando como referência a escala de sonolência diurna de Maldonado et al. (2004) adaptada por Belísio (2014). Então, vimos que os pais relataram praticar rituais antes de dormir com os filhos em todas as classes econômicas e níveis de escolaridade. Os hábitos praticados foram tomar leite antes de dormir, ir ao banheiro antes de dormir, requerer a presença dos pais no quarto, e usar um objeto para dormir. Mas, foi visto que em níveis mais baixos, como a classe C, e no nível de escolaridade 3, houve uma frequência maior que as demais, em dormir com as luzes acesas, comportamento que traz prejuízos para o sono. Em relação aos padrões do sono e vigília, as crianças que apresentaram maior irregularidade no tempo na cama, caracterizada por menor tempo na cama no fim de semana, foram as que estavam em um contexto com classe econômica mais alta. A partir dos resultados obtidos, sugere-se que a prática de bons hábitos de sono em crianças da educação infantil varia de acordo com o contexto familiar em que vivem. Sugere-se que em pesquisas futuras seja avaliado se os pais sabem sobre a importância do sono para o desenvolvimento dos seus filhos.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCiências Biológicaspt_BR
dc.publisher.initialsUFRNpt_BR
Appears in Collections:Ciências Biológicas (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
icemaria tcc correção final 20-12-2019 biblioteca.pdf2.2 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons