Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10297
Title: Relação entre a irregularidade no ciclo sono-vigília e os componentes da atenção em estudantes do turno matutino do Ensino Médio
Authors: Costa, Hudson Guilherme Silva da
Keywords: Adolescentes;Privação de sono;Lag Social;Cognição;Adolescents;Sleep deprivation;Social Lag;Cognition
Issue Date: 2-Dec-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: COSTA, Hudson Guilherme Silva da. Relação entre a irregularidade no ciclo sono-vigília e os componentes da atenção em estudantes do turno matutino do Ensino Médio. 2019. 52 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) – Centro de Biociências. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2019.
Portuguese Abstract: A adolescência é um período de inúmeras transformações no que diz respeito a características biológicas, psicológicas e sociais. Dentre essas mudanças, a que ocorre nos padrões de sono, caracterizada por um atraso da fase de sono, possui influência do desenvolvimento biológico e do meio em que o adolescente vive. Estudos mostram que nos dias de semana, esses indivíduos acordam mais cedo devido às demandas sociais, como o horário escolar, reduzindo a duração do sono. Por outro lado, nos finais de semana há um atraso nos horários de dormir e de acordar e aumento na duração do sono. Portanto, a privação do sono é evidente e o adolescente tende a compensar esse sono perdido nos finais de semana. Porém, essa compensação pode não surtir o efeito desejado, pois a privação de sono durante a semana pode gerar prejuízos em processos cognitivos, principalmente em relação à atenção. Portanto, este trabalho tem por objetivo avaliar a relação entre a irregularidade nos horários de sono e no tempo na cama entre semana e fim de semana, e os componentes da atenção em adolescentes do ensino médio do turno matutino, sendo também avaliada a relação destas variáveis com a sonolência ao acordar e cronotipo para uma melhor compreensão deste processo. Foram coletados dados de 149 adolescentes matriculados no turno matutino em escolas privadas de ensino médio, que participaram da pesquisa respondendo a questionários sobre os hábitos de sono, além do preenchimento do diário de sono durante 10 dias e da participação na Tarefa de Execução Contínua, para avaliar os componentes da atenção. Houve correlação entre o cronotipo e o lag social, e as irregularidades nos horários de deitar e de acordar. Supõe-se que cronotipos mais vespertinos possuem maiores índices de irregularidade nos horários de deitar, acordar e na meia fase do sono (lag social), mostrando um descompasso na fase de sono entre os dias de semana e fim de semana. Além disso, houve correlações no que diz respeito a irregularidade dos horários de deitar e os índices de regressão das respostas corretas e do tempo de reação, que são indicadores da atenção sustentada, assim como, entre a irregularidade nos horários de acordar e o tempo de reação no alerta tônico. De modo que, quanto maior a irregularidade nos horários de deitar, menor a] eficiência na atenção sustentada. Entretanto, as maiores irregularidades no horário de acordar foram associadas a um menor tempo de reação no alerta tônico. Esse contracenso pode ocorrer devido a erros de comissão. Semelhante a estudos anteriores, o cronotipo vespertino foi relacionado à maior irregularidade nos horários de sono. Entretanto, as irregularidades no tempo na cama e nos horários de sono se relacionaram de forma fraca apenas com o alerta tônico e a atenção sustentada. Sugerimos um aumento na amostra para avaliar estas relações.
Abstract: Adolescence is a period of many changes regarding biological, psychological and social factors. Among them, one occurs in sleep patterns, marked by a delay in sleep phase and affected by biological development and environmental cues. Studies show that on weekdays, these individuals’ wakeup earlier due to social demands, like school schedules, thus reducing sleep duration. On the other hand, on weekends they show a delay on bedtimes and wakeup times, increasing sleep duration. Therefore, sleep deprivation is evident, and adolescents tends to make up for sleep loss on weekends. However, this compensation may not have the desired effect, as sleep deprivation during the week can cause impairments in cognitive processes, especially attention span. So, this study aims to evaluate relationships between irregularity in sleep schedules and time in bed among week and weekend, and attention components in high school students of the morning shift, as well as the relationship of these variables with sleepiness upon waking and chronotype for a better understanding of this process. Data were collected from 149 adolescents enrolled in the morning shift in private high schools. They answered questionnaires about sleep habits, completed a sleep diary for 10 days and took a Continuous Performance Task (CPT), to evaluate attention components. We found correlations between chronotype and ‘social lag’, and bedtime and wakeup times irregularities. We suppose that later chronotypes have greater bedtime, wakeup times and mid-sleep times irregularity (‘social lag’), presenting a mismatch in sleep phase between weekdays and weekends. In addition, we found correlations between bedtime irregularity and some CPT variables like regression indices of correct answers and of reaction times, both indicators of sustained attention; as well as between wakeup times irregularity and reaction times in tonic alertness. Thus, greater bedtime irregularity meant low sustained attention efficiency. However, greater wakeup times irregularities were associated with shorter reaction times in tonic alertness. This contradiction may have occurred due to commission errors. Like previous studies, later chronotypes were related to greater irregularity in sleep schedules. However, irregularities in time in bed and sleep schedules were poorly related to tonic alertness and sustained attention only. We suggest a larger sample to better study these relationships.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10297
Other Identifiers: 20180004658
Appears in Collections:Ciências Biológicas (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Corrigido Hudson 17_12_19.pdf1.07 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons