Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10258
Title: Análise da eficiência dos gastos em saneamento básico dos municípios do RN utilizando a análise envoltória de dados
Authors: Lima, Andressa Dantas de
Keywords: Saneamento básico;Eficiência dos gastos;Análise envoltória de dados
Issue Date: 4-Dec-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: LIMA, Andressa Dantas de. Análise da eficiência dos gastos em saneamento básico dos municípios do RN utilizando a análise envoltória de dados. 2019. 82f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Contábeis) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Departamento de Ciências Contábeis, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: No atual contexto de crise econômica, o aumento da eficiência na aplicação dos recursos está entre os desafios dos gestores públicos, tendo em vista a escassez desses recursos e a demanda por serviços de boa qualidade. Neste sentido, nos últimos anos, muitos autores têm buscado avaliar a eficiência dos gastos públicos. O setor de saneamento básico figura dentre esses estudos, sendo a universalização desses serviços um tema bastante discutido ultimamente. O presente estudo tem por objetivo verificar a eficiência dos gastos em saneamento básico nos municípios do RN no período de 2008 a 2017. Desta forma, utilizou-se a método da Análise Envoltória de Dados (DEA) nos modelos BCC (retornos variáveis) e CCR (retornos constantes), bem como as informações necessárias foram obtidas no banco de dados do SNIS. Além da obtenção da eficiência, os municípios foram caracterizados segundo a população, PIB per capita e IDHM, e foi avaliada a evolução dos gastos per capita em saneamento básico em comparação à evolução dos escores médios de eficiência. A pesquisa se classifica como descritiva quanto aos objetivos, bem como trata-se de pesquisa documental e bibliográfica quanto aos procedimentos utilizados. Os resultados indicaram que, dos 37 municípios analisados, os que se mostraram mais eficientes em ambos modelos utilizados foram os municípios de Currais Novos, Doutor Severiano, Parnamirim, São José do Seridó, Parelhas e Alto do Rodrigues; enquanto que os menos eficientes foram os municípios de Pau dos Ferros, Lagoa Nova, São Tomé, Riachuelo, Espírito Santo, Macaíba e Tibau do Sul. Pode-se inferir, ainda, que municípios mais populosos ou com maiores PIB per capita ou maiores IDHM, não necessariamente, resultam em escores maiores de eficiência. Assim como, o crescimento dos gastos em saneamento básico no período, não foi acompanhado de melhoria nos escores de eficiência. Essa perda de eficiência observada pode estar relacionada à má gestão dos recursos e/ou dificuldades encontradas na expansão dos sistemas de saneamento básico, em especial, os sistemas de esgotamento sanitário os quais ainda são incipientes no Estado.
Abstract: In the current context of economic crisis, increasing resource efficiency is one of the challenges faced by public managers, given the scarcity of these resources and the demand for good quality services. In this sense, in recent years, many authors have sought to evaluate the efficiency of public spending. The basic sanitation sector is one of these studies, and the universalization of these services has been a subject of much discussion lately. This study aims to verify the efficiency of spending on basic sanitation in the municipalities of RN from 2008 to 2017. Thus, the Data Envelopment Analysis method was used BCC (variable returns) and CCR (constant returns) models, as well as the necessary information were obtained from the SNIS database. Besides obtaining the efficiency, municipalities were characterized according to population, PIB per capita and IDHM, and the evolution of per capita expenditure on basic sanitation compared to the evolution of average efficiency scores was evaluated. The research is classified as descriptive as to the objectives, as well as documentary and bibliographic research as to the procedures used. The results indicated that, of the 37 municipalities analyzed, the most efficient in both models were Currais Novos, Doutor Severiano, Parnamirim, São José do Seridó, Parelhas and Alto do Rodrigues; while the least efficient were the municipalities of Pau dos Ferros, Lagoa Nova, São Tomé, Riachuelo, Espírito Santo, Macaíba and Tibau do Sul. It can also be inferred that more populous municipalities or with higher PIB per capita or IDHM do not necessarily result in higher efficiency scores. As well as the growth in basic sanitation spending in the period, was not accompanied by improvement in efficiency scores. This observed loss of efficiency may be related to the mismanagement of resources and/or difficulties encountered in the expansion of basic sanitation systems, in particular, sewage systems which are still incipient in the State.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10258
Other Identifiers: 2016037382
Appears in Collections:Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EficienciaGastosSaneamento_Lima_2019Análise da eficiência dos gastos em saneamento básico dos municípios do RN utilizando a análise envoltória de dados1.54 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons