Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10251
Título: Mortalidade infantil entre menores de 1 ano no Brasil
Autor(es): Mendonça, Luiza Arêa Leão
Palavras-chave: Mortalidade infantil;Unidades de Terapia Intensiva Neonatal;Saúde materno-infantil;Infant mortality;Neonatal intensive care units;Maternal and child health services
Data do documento: 11-Nov-2019
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Referência: MENDONÇA, Luiza Arêa Leão. Mortalidade infantil entre menores de 1 ano no Brasil. 2019. 38 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Resumo: Esse estudo busca refletir sobre as causas da mortalidade infantil entre menores de 1 ano no Brasil, bem como os motivos para as variações desse índice de acordo com as regiões pesquisadas. A temática surge como meio de apresentação do artigo “Distribuição espacial da taxa de mortalidade infantil e sua relação com número de leitos de terapia intensiva neonatal no território brasileiro”. A análise da taxa de mortalidade infantil é um preditor do desenvolvimento socioeconômico da população ou região, o qual auxilia a identificação de desigualdades e tendências que necessitam ações específicas, além da observação das causas evitáveis desses óbitos infantis. Ao final do estudo ficou clara a relevância dos determinantes sociais, como melhor distribuição de renda, melhorias na qualidade e no acesso aos serviços de saúde materno-infantil e a necessidade de maior adesão dos profissionais de saúde aos protocolos do Ministério da Saúde, bem como o foco na saúde materna, no planejamento familiar e educação sexual para a redução da mortalidade infantil no país.
Abstract: This study seeks to reflect about the causes of infant mortality among children under 1 year old in Brazil, as well as the reasons for variations in this index according to the regions surveyed. This theme emerges to present the article “Spatial distribution of infant mortality rate and its relationship with the number of neonatal intensive care beds in the Brazilian territory”. The analysis of the infant mortality rate is a predictor of the socioeconomic development of the population or region, which helps to identify inequalities and trends that need specific actions, in addition to observing the preventable causes of these infant deaths. In conclusion, it is clear the relevance of social determinants, such as better income distribution, improvements in quality and access to maternal and child health services, indeed the need for greater adherence of health professionals to the Health Ministry’s protocols, as well as the focus on maternal health, family planning and sex education to reduce child mortality in the country.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10251
Outros identificadores: 2014036902
Aparece nas coleções:Fisioterapia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MortalidadeInfantilntremenoresde1ano_Mendonca_2019Texto Completo657,19 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons